O teste é para detecção e diferenciação simultânea dos anticorpos IgG e IgM antifebre amarela vírus em apenas 15 minutos para amostras de soro, plasma ou sangue total

O vírus da febre amarela é um vírus de RNA que pertence à família Flaviviridae. O “amarelo” no nome refere-se à icterícia causada pelo envolvimento do fígado que afeta alguns pacientes. O período de incubação é geralmente de 3 a 6 dias desde a infecção até a doença.

Muitas pessoas não desenvolvem sintomas, mas quando estes ocorrem, os mais comuns são uma fase febril aguda com mialgia, dor de cabeça, dor nas costas, anorexia, náuseas e, por vezes, vômitos. Pequenas proporções de pacientes entram em uma segunda fase, mais tóxica dentro de 24 horas de recuperação dos sintomas iniciais, e desenvolvem sintomas graves como febre alta, icterícia, sangramento e danos nos rins.

A febre amarela é difícil de diagnosticar, especialmente nos estágios iniciais. Pode ser confundida com malária severa, leptospirose, hepatite viral (especialmente as formas fulminantes de hepatite B e D), outras febres hemorrágicas, infecção com outros flavivírus, não existe atualmente nenhum fármaco antiviral específico para tratamento, portanto, a vacinação e o controle do mosquito são os meios mais importantes para prevenir a febre amarela.

Conforme o Ministério da Saúde, no Brasil foram confirmados 1.127 casos e 328 óbitos no período de 1º julho de 2017 a 3 de abril deste ano. No mesmo período do ano passado, foram confirmados 691 casos e 220 óbitos.

Em Minas Gerais, desde o início do segundo período de monitoramento (julho/2017 a junho/2018), foram confirmados 446 casos da doença. Destes casos, 150 evoluíram para óbito e outros 567 casos continuam em investigação.

A Anvisa publicou nesta segunda-feira o registro para o teste rápido de febre amarela da ECO Diagnóstica.

O teste é para detecção e diferenciação simultânea dos anticorpos IgG e IgM antifebre amarela vírus em apenas 15 minutos para amostras de soro, plasma ou sangue total.

Para mais informações, fale com a ECO Diagnóstica no setor de vendas: [email protected] ou (31) 3653-2025.

Dados MS e SES/MG disponíveis aqui e aqui.

Tags:

ECO Diagnóstica, teste rápido de febre amarela

Compartilhe: