O curso é destinado a pesquisadores, pós-doutorandos, doutorandos e demais profissionais que desenvolvam pesquisas na área

Altamente patogênicas, as micobactérias são capazes de causar diversas doenças, dentre elas, a hanseníase e a tuberculose. No Brasil, por exemplo, são registrados 70 mil novos casos de tuberculose por ano, com mais de quatro mil mortes. Já os cerca de 30 mil casos anuais de hanseníase tornam o Brasil o segundo país do mundo com maior número de registros da doença, atrás apenas da Índia. Outro problema ligado a estes microrganismos é o elevado índice de resistência aos atuais antimicrobianos, que tornam ineficazes o uso de medicamentos usados com sucesso por décadas. Esses dados evidenciam a severidade que esses agravos representam para a saúde pública brasileira e mundial e o quão urgente novos estudos em torno das micobactérias são necessários.

Atento a essa realidade, o Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz), por meio do Programa de Pós-graduação Stricto sensu em Biologia Parasitária, promove, de 27 de novembro a 1º de dezembro de 2017, o curso internacional Advances in Mycobacterium Research and Application, ou Avanços e aplicações de pesquisas sobre Mycobacterium, em tradução livre. A atividade contará com a presença de renomados especialistas nacionais e internacionais, como os cientistas Robert Modlin, da Universidade da Califórnia, Patrick Brennan, da Universidade Estadual do Colorado, Travis Hughes, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, além de Mariane Stefani e Ana Paula Kipnis, ambas da Universidade Federal de Goiás (UFG). Também participam os especialistas do IOC, Maria Cristina Vidal Pessolani, Philip Suffys, Veronica Schmitz, Milton Ozório Moraes e Roberta Olmo Pinheiro, coordenadora da iniciativa.

O curso é destinado a pesquisadores, pós-doutorandos, doutorandos e demais profissionais que desenvolvam pesquisas na área. Estudantes de graduação com interesse no tema também podem se inscrever para assistir como ouvintes. Serão oferecidas até 100 vagas. As inscrições podem ser realizadas até 10/11, por meio do e-mail mycobacteria2017@gmail.com. Confira a programação e os dados necessários para a inscrição.

Já os participantes que tiverem interesse em submeter seus projetos de pesquisa e ter a oportunidade de discutir seus dados com os especialistas Robert Modlin e Patrick Brennan, devem enviar seus estudos até 27/10, também para o e-mail mycobacteria2017@gmail.com. O projeto deve estar em inglês, ter no máximo 10 páginas e conter título, resumo, justificativa, metodologia, resultados preliminares e principais referências. Também é necessário enviar uma carta de encaminhamento do orientador. Os alunos selecionados para a apresentação irão ter de 10 a 20 minutos para apresentarem seus dados e mais 30 minutos de discussão com os pesquisadores e demais estudantes que participarão do curso.

O curso será realizado no campus da Fiocruz, em Manguinhos (auditório Maria Deane, no Pavilhão Leônidas Deane – Av. Brasil. 4.365 – RJ). As aulas serão ministradas no idioma inglês.

Tags:

hanseníase, Instituto Oswaldo Cruz, micobactérias, tuberculose

Compartilhe: