Equipamento irá gerar uma economia anual de mais de R$ 100 mil aos cofres públicos

Agora, o Laboratório de Genética Forense irá garantir uma maior eficiência nos resultados de extração nas amostras de DNA

A Perícia Oficial do Estado de Alagoas assinou, no final de 2017, contrato de comodato para utilização de equipamento que realiza a quantificação do DNA extraído de amostras forenses. O aparelho será utilizado em forma de empréstimo gratuito visando aprimorar e agilizar a elucidação de casos criminais.

O contrato possibilitou o fornecimento de um quantificador de DNA da marca QuantStudio HID PCR em tempo real, juntamente com um software HID.  De acordo com o fabricante, o modelo é recém-lançado, uma versão mais atualizada do equipamento 7500, usado nas perícias científicas para quantificar DNA e estimar degradação e inibição em amostras forenses.

A perita criminal e chefe do Laboratório de Genética Forense, Rosana Coutinho, explicou que o contrato prevê o fornecimento de uma plataforma integrada, para detecção, quantificação e monitoramento em tempo real de produtos amplificados por reações químicas homogêneas, validado para aplicações em identificação humana. Outra vantagem é que o sistema é validado para o uso de diversos tipos de reagentes de quantificação, incluindo os de última geração.

“Esse equipamento é o que existe de mais moderno em plataforma de quantificação de DNA destinado para pesquisas e estudos forenses. Com ele, o Laboratório de Genética Forense irá garantir uma maior eficiência nos resultados de extração nas amostras de DNA, oferecendo resultados mais precisos e rápidos já na primeira análise, diminuindo as repetições dos exames e aumentado o número de laudos em um curto espaço de tempo”, explicou a chefe do laboratório.

Para o perito geral adjunto Hylnard Travassos, a assinatura desse contrato demonstra o compromisso do Estado de Alagoas em investir na modernização da Perícia Oficial. Ele explicou que, como o contrato é de comodato, irá permitir uma economia anual de mais de R$ 100 mil aos cofres públicos. Num futuro próximo, a Perícia Oficial procurará adquirir esse equipamento, tendo em vista sua funcionalidade e eficiência.

Tags:

Laboratório de Genética Forense, quantificação do DNA, QuantStudio HID PCR em tempo real

Compartilhe: