A Anton Paar, fabricante da renomada série de reômetros MCR, adicionou recentemente a tecnologia Raman ao seu portfólio

Um reômetro MCR agora pode ser combinado com um espectrômetro Raman para fornecer informações sobre o comportamento macromolecular e os parâmetros estruturais de um material. Isso é importante para uma melhor compreensão das mudanças na funcionalidade química e na microestrutura de vários materiais e sua influência no processamento e nas aplicações.

Configuração flexível que pode ser personalizada

A Anton Paar, fabricante da renomada série de reômetros MCR, adicionou recentemente a tecnologia Raman ao seu portfólio. Eles agora combinaram esses dois métodos em uma configuração. Um benefício especial dessa configuração é que o reômetro MCR também pode ser combinado com espectrômetros Raman e sondas Raman de outras marcas. Devido à sua expertise em ambos os campos, a Anton Paar é capaz de fornecer e oferecer suporte a soluções customizadas sob medida para aplicações e requisitos específicos. Além disso, outros acessórios ópticos da Anton Paar podem ser combinados com o reômetro, como dispositivos de temperatura para aplicar uma faixa de temperatura de -20°C a 300°C e dispositivos ópticos para cura por UV, microscopia (fluorescência), espalhamento de luz a baixo ângulo (SALS) e imagem por luz polarizada.

Toda uma gama de aplicações

Ao combinar um método mecânico e um óptico, uma ampla gama de medições específicas pode ser realizada. Possíveis aplicações são a investigação de processos de cristalização, reações químicas (por exemplo, a cura de uma amostra adesiva), morfologia de polímeros, comportamento de temperatura e estabilidades de suspensões, parâmetros estruturais de amostras biológicas (por exemplo, biofilmes, culturas de células) e muitos mais.

Mais informações sobre a combinação Rheo-Raman podem ser encontradas no site da Anton Paar.

Tags:

Anton Paar, espectrômetro Raman, reômetro MCR

Compartilhe: