Padronização do processamento e liberação dos resultados nas diferentes unidades

Em outubro de 2020 o laboratório realizou mais de 10 milhões de exames

O Diagnósticos do Brasil é um laboratório clínico 100% de apoio que atualmente processa 500 mil testes de Imuno-Hematologia por ano e em outubro de 2020 realizou mais de 10 milhões de exames.

Devido à projeção de crescimento e com a premissa de que “estar próximo ao cliente faz toda a diferença em apoio laboratorial”, em 2016 o DB decidiu descentralizar sua estrutura operacional, quando deu início à formatação atual. O sucesso desta decisão foi evidenciado nos dados de crescimento apresentado no ano seguinte quando obteve um incremento de 68% na rotina de testes de Imuno-Hematologia.

Necessidade de automação dos testes imuno-hematológicos

Em 2017, devido ao grande aumento da demanda dos testes imuno-hematológicos, foi evidenciada a necessidade de automação para se manter a qualidade e agilidade do processo.

Outro ponto importante foi a preocupação em rastrear todas as etapas e manter o registro dos resultados.

A empresa possui abrangência nacional que possui uma extensa cadeia logística onde permite atender mais de 5.500 laboratórios.

Aumento da capacidade de produção

A automação apresentada pela empresa Grifols proporcionou uma boa e segura margem de crescimento associando à criação de um sistema de backup interno entre as unidades, onde ofereceu diferentes equipamentos que utilizavam os mesmos consumíveis.

A escalabilidade dos produtos Grifols possibilitou adequar os equipamentos à rotina de cada unidade alinhando a estratégia de um plano de contingência. O DB possui a capacidade de liberar os resultados em qualquer unidade de maneira padronizada mesmo em circunstâncias adversas.

Resultados da nova solução implementada

Ganhou-se redução no tempo de liberação de resultados com aumento na segurança

A percentagem de confirmação de resultados de Imuno-Hematologia demandados antes da automação era de 14,52% do total de exames feitos na rotina. A automação trouxe redução na confirmação dos resultados para 2%.

Destacaram várias melhorias adquiridas por meio da automação:

– Aumento na capacidade de produção com melhor aproveitamento dos colaboradores

– Redução no tempo de liberação de resultados com aumento na segurança

– Utilização das imagens dos resultados para promover ações educacionais aos laboratórios clientes do DB

Conclusão

Para o Dr. Antonio Fabbron Jr, hematologista e Diretor Geral do DB, a automação da tipagem sanguínea foi a chave para a continuidade do crescimento e pode ser considerada uma evolução irreversível

Os benefícios agregados com a instalação dos equipamentos totalmente automatizados:

– Direcionamento dos analistas para outras tarefas do laboratório além da rotina de exames

– Maior agilidade na análise dos resultados garantindo qualidade e confiabilidade

– Segurança e rapidez na liberação dos laudos devido ao interfaceamento automático de todas as informações necessárias

– Possibilidade de compartilhar com laboratório cliente as imagens dos testes promovendo uma ação educativa e mais eficiente

A automação do laboratório de Imuno-Hematologia tem proporcionado ao DB continuar crescendo de forma segura possibilitando a expansão sem impacto na rotina.

Dados rápidos do centro

– 500.000 testes de Imuno-Hematolologia por ano

– Crescimento de 78% em 2020

– Seis unidades técnicas: três em análises clínicas e três de áreas especializadas sendo DB Molecular, DB Patologia e DB Toxicológico

– 40 unidades regionais de apoio

– Unidades de processamento de exames com os seguintes equipamentos: São José dos Pinhais (Eflexis, Wadiana); Sorocaba (Erytra, Wadiana); Recife (Wadiana)

Tags:

apoio, Diagnósticos do Brasil, Grifols, imuno-hematologia

Compartilhe: