O trato entre as instituições prevê um mapeamento das demandas dos fabricantes nacionais de kits de diagnóstico in vitro interessados em exportar seus produtos, entre outras ações

Dirigentes da Câmara Brasileira de Diagnóstico Laboratorial (CBDL) e da Aliança Latino-americana para o Desenvolvimento do Diagnóstico in Vitro (Aladdiv) estiveram reunidos com representantes do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia, Inmetro, no último dia 9 de janeiro, em Xerém, no Rio de Janeiro, com vistas a selar possíveis acordos de cooperação para o setor de Diagnóstico in Vitro.

O trato entre as instituições prevê um mapeamento das demandas dos fabricantes nacionais de kits de diagnóstico in vitro interessados em exportar seus produtos, além de apoio à inovação tecnológica do segmento pelo Inmetro com a aproximação das empresas intermediada pelas entidades e suporte da instituição na área de Life Sciences, Pesquisa e Desenvolvimento, Testes Pilotos, Rastreabilidade e até segurança de dados e softwares aplicados a dispositivos médicos.

Por sugestão da CBDL, o Inmetro ainda se dispôs a agregar valor e trabalhar para o fortalecimento das empresas de serviços laboratoriais, com vistas a possibilitar o acesso a mercados internacionais, aumentando a pauta de exportações de serviço brasileira.

“Esta nova fase do Inmetro, em que se coloca como um excelente instrumento de apoio à inserção da cadeia de valor de diagnóstico brasileira no cenário global, é algo extremamente motivador. Contando com uma incubadora com espaço disponível para abrigar novas start-ups, um laboratório de apoio com equipamentos de última geração, além de pesquisadores experientes e interessados em unir esforços com a indústria e laboratórios, dá a certeza de que teremos muito trabalho e boas conquistas em 2020”, comenta Carlos Gouvêa, presidente executivo da CBDL.

Tags:

Aliança Latino Americana para o Desenvolvimento do Diagnóstico in-Vitro, Câmara Brasileira de Diagnóstico Laboratorial, Inmetro

Compartilhe: