A 47ª edição do Congresso Brasileiro de Análises Clínicas (CBAC), realizada pela Sociedade Brasileira de Análises Clínicas (SBAC), entre os dias 19 e 22 de junho, em Fortaleza (CE), terá um encontro organizado pela Câmara Brasileira de Diagnóstico Laboratorial (CBDL) e parceiros internacionais (LSHTM, IDC, ALADDIV, Welcome, Chatam House).

Com o título “RAM – Resistência Antimicrobiana: testando para salvar vidas e assegurar mais saúde”, o evento terá o “Workshop Coalizão de Tecnologia em Saúde”, no dia 22, a partir das 9h, com abertura do presidente executivo da CBDL, Carlos Eduardo Gouvêa (também preside a ALADDIV) e da microbiologista e professora Rosanna Peeling, chair de Pesquisa e Diagnóstico da London School of Hygiene & Tropical Medicine (LSHTM).

Em seguida, haverá o painel “Avaliação: Como poderão os biobancos e as redes de avaliação em cada região evitar duplicação de estudos de performance clínica para diagnósticos?”, com a bióloga Ana Flávia Pires (GermSure) e o médico patologista da SBPC/ML, Dr. Álvaro Pulchinelli.

O encontro seguinte, com o tema “Aprovação Regulatória: O que aprendemos com a pandemia da Covid-19 para tornar a aprovação de diagnósticos mais rápida?”, terá Debi Boeras (International Diagnostics Centre – IDC) e o dirigente da CBDL.

Para encerrar o evento, o assunto escolhido foi “Implementação: Comunicações para incentivar a implementação de diagnósticos, incluindo educando políticos, saúde pública e o público sobre investimentos em testes bem como sobre o custo de não testar”, com a farmacêutica e consultora da CBDL, Josely Chiarella (CBDL), além de Patrícia Marrone (WebSetorial).

Tags:

Câmara Brasileira de Diagnóstico Laboratorial (CBDL), RAM – Resistência Antimicrobiana: testando para salvar vidas e assegurar mais saúde

Compartilhe: