Todas as plataformas contam com a metodologia mecânica para ensaios coagulométricos patenteada pela Stago: o VBDS – Sistema de detecção baseado na viscosidade

A Stago conta com um portfólio completo da Geração Max para atender todas as necessidades dos clientes: equipamento semiautomatizado, automatizado de pequeno, médio e grande porte.

Todas as plataformas contam com a metodologia mecânica para ensaios coagulométricos patenteada pela Stago: o VBDS – Sistema de detecção baseado na viscosidade, que garante máxima precisão (mesmo para ensaios de coágulo fraco), reprodutibilidade e não sofre interferências de coloração das amostras em caso de hemólise, icterícia e lipemia, que pode afetar testes cromogênicos e imunoturbidimétricos; e o potencial adicional de impacto biológico da hemólise em ensaios de coagulação.

Sistemas rápidos, completos, com a combinação de reagentes prontos para uso e pré-calibrados, cubetas individuais e pouco consumo de solução de limpeza, trazendo ainda mais agilidade e segurança para a liberação dos seus resultados, além de redução de custos e otimização de tempo para os operadores.

Além disso, junto com os modernos equipamentos a empresa apresenta um software de gestão que traz inovação, confiabilidade, produtividade e desempenho para o dia a dia laboratorial – o STA Coag Expert.

Este sistema, comum a todos os equipamentos da Geração Max, tem a capacidade de conectar até quatro instrumentos em uma mesma interface tendo todos os dados rastreáveis por cinco anos com identificação avançada de todas as informações.

Mais informações:
[email protected]

Tags:

ensaios coagulométricos, Geração Max, Stago, VBDS - Sistema de detecção baseado na viscosidade

Compartilhe: