O diagnóstico precoce é sempre um fator decisivo em se tratando de cura ou sobrevida do paciente

O dia 04 de fevereiro foi escolhido como data oficial do Dia Mundial de Combate ao Câncer com o principal objetivo de conscientização da população sobre a doença: a importância das consultas médicas regulares, o diagnóstico precoce e as novidades em tratamento. Sabemos que estamos num momento de pandemia e muitos atendimentos e procedimentos estão sendo postergados, porém para os pacientes com câncer, muitas vezes a doença pode ter características agressivas e o tratamento não pode esperar.

Além disso, a unanimidade na classe médica é que o diagnóstico precoce é sempre um fator decisivo em se tratando de cura ou sobrevida do paciente. Dependendo do estágio da doença, das próprias características do tumor e do órgão em que ele aparece é possível ter alternativas capazes de diminui-lo ou eliminá-lo. Para cada tipo de câncer, em termos de diagnóstico, existem os exames de imagem e também os de análises laboratoriais com seus respectivos exames para detecção, eles podem ser utilizados como prevenção porque caso apresentem níveis alterados indicam que o paciente deve ser submetido a testes complementares e confirmatórios.

Entre os exames disponíveis para o manejo clínico de pacientes com câncer, contribuindo no auxílio do diagnóstico e estadiamento até na avaliação da resposta terapêutica, como detecção de recidivas e prognóstico, além de auxiliar na decisão da terapia a ser utilizada e terapias adjuvantes estão  os exames de marcadores tumorais, que são moléculas que podem estar presentes no tumor, no sangue ou em outros líquidos biológicos.

Normalmente, na fase adulta, acima de 40 ou 45 anos, iniciam-se os checkups de prevenção e, de acordo com a conduta médica, o médico poderá solicitar estes exames de acordo com as diretrizes médicas para a suspeita clínica. Mas, quando há suspeita da doença pelo médico ou devido ao histórico familiar do paciente é indicado fazer estes tipos de exames, sem muita relevância para a idade em questão.

Segundo dados do INCA – Instituto Nacional de Câncer (2020)¹, a incidência estimada, conforme a localização primária do tumor e sexo é:

Homens
Próstata
Cólon e reto
Traqueia, brônquio e pulmão

Mulheres
Mama feminina
Cólon e reto
Colo do útero

Entre os marcadores para detecção de diferentes tipos de câncer, como os citados acima pelo INCA como os de maior incidência, estão:

A Siemens Healthineers colabora para que os profissionais da saúde em todo o mundo alcancem melhores resultados, capacitando-os em sua jornada para expandir a medicina de precisão, transformando o atendimento, melhorando a experiência do paciente e digitalizando a saúde. Líder em tecnologia médica, a Siemens Healthineers está constantemente inovando seu portfólio de produtos e serviços em suas principais áreas de diagnóstico por imagem, em diagnósticos laboratoriais e medicina molecular.

A Siemens Healthineers também está desenvolvendo ativamente seus serviços digitais de saúde e serviços corporativos. No ano fiscal de 2019, que terminou em 30 de setembro de 2019, a Siemens Healthineers gerou receita de € 14,5 bilhões e lucro ajustado de € 2,5 bilhões e possui cerca de 52.000 funcionários em todo o mundo.

Referência bibliográfica:
1. INCA  (2020).

Tags:

análises laboratoriais, Dia Mundial de Combate ao Câncer, diagnóstico precoce, Siemens Healthineers

Compartilhe: