O teste para detecção do antígeno em urina possui alta sensibilidade e especificidade

A Legionelose, Doença dos Legionários, é uma infecção potencialmente grave, provocada por uma bactéria chamada Legionella pneumophila. É uma infecção não contagiosa, que costuma ser adquirida através da inalação de partículas de água contaminadas e pode provocar grave pneumonia atípica em pessoas mais debilitadas (idosos, imunossuprimidos).

A bactéria pode provocar, também, um quadro mais brando, a doença de Pontiac, que se assemelha muito à gripe comum.

A descoberta da Legionella pneumophila e da sua forma de propagação provocou uma radical mudança nos padrões de higiene e segurança dos sistemas de ar-condicionado e de água em geral. Contudo, apesar dos cuidados, dezenas de novos surtos continuaram a ocorrer em todo o mundo desde a identificação da doença. Há casos, inclusive, de transmissão dentro de hospitais.

O número de casos relatados ao Centro de Controle e Prevenção de Doenças (em inglês: Centers for Disease Control and Prevention – CDC), tem aumentado desde 2000. Os departamentos de saúde relataram cerca de 6.100 casos de doença nos Estados Unidos em 2016. No entanto, como a doença provavelmente é subdiagnosticada, esse número pode mascarar a verdadeira incidência.

O teste laboratorial mais comumente utilizado para o diagnóstico da doença dos legionários é o teste do antígeno urinário, que detecta a bactéria Legionella na urina. Conforme o CDC, o teste para detecção do antígeno em urina possui alta sensibilidade e especificidade.

A ECO Diagnóstica possui o teste ECO F Legionella Ag de imunoensaio de fluorescência para medição qualitativa de antígenos dos sorogrupos 1, 3, 5, 6 e 8 de L. pneumophila. O teste ECO F Legionella Ag é completo com controle positivo e negativo e possui procedimento simples, prático e fácil de realizar. Utilizando apenas 100ul de amostra sem preparo, os analisadores ECO Reader F liberam os resultados em 15 minutos, com detecção precoce disponível em 5 minutos para amostras fortemente positivas.

Todos os resultados são liberados com valor de Índice de Corte (COI), informando o nível de infecção do paciente.

O teste ECO F Legionella Ag utiliza metodologia fluorescente de última geração a base de Európio, no qual os comprimentos de onda emitidos são superiores aos absorvidos, não ocorrendo sobreposição e proporcionando excelente estabilidade nos resultados.

O teste possui estudo de comparação com as metodologias existentes no mercado (imunocromatografia Bi** e Im**) apresentando sensibilidade e especificidade de 100% para amostra concentrada de urina e sensibilidade de 93%, especificidade de 100% para amostra não concentrada (solicite o estudo comparativo completo).

Fonte: https://www.cdc.gov/legionella/index.html

Para mais informações: (31) 3653-2025 / [email protected]

Tags:

bactéria, ECO Diagnóstica, ECO F Legionella Ag, Európio, Legionelose

Compartilhe: