Para resultados seguros, a seringa de gasometria da Greiner Bio-One

As seringas de gasometria da Greiner Bio-One são previamente preparadas com heparina de lítio, o que assegura a proporção exata entre o volume de sangue e o anticoagulante

A gasometria permite verificar a existência de distúrbios na oxigenação dos pulmões, na ventilação alveolar e também no equilíbrio ácido-base, por meio da mensuração do pH sanguíneo, da pressão parcial de oxigênio e também de gás carbônico, o que pode ser analisado através da coleta de uma amostra de sangue arterial, ou seja, rico em oxigênio.

Para tal procedimento, é essencial utilizar uma seringa de gasometria que contenha a quantidade exata de anticoagulante, como é o caso da seringa de gasometria da Greiner Bio-One.

A heparina lítica, necessária para a análise de eletrólitos, é precisamente jateada na concentração de 50 UL/mL na parede interna da seringa. Característica que garante a proporção ideal em relação ao sangue coletado e evita a formação de microcoágulos que seriam capazes de comprometer o resultado do exame.

Compatível com todos os analisadores de gases, a seringa de gasometria está disponível nos volumes de 1 e 2 mL. Graduada, descartável, estéril, também é composta por uma tampa de vedação, que garante a segurança no transporte da amostra. Para resultados seguros e precisos, indica-se a seringa de gasometria da Greiner Bio-One.

Tags:

gasometria, Greiner Bio-One, seringa de gasometria

Compartilhe: