Data faz homenagem aos trabalhadores que transportam cargas por todos os cantos do país

A Toxicologia Pardini possui uma das maiores redes de coleta de amostras de exames toxicológicos do país

O Brasil tem cerca de 2 milhões de caminhoneiros, de acordo com pesquisa realizada pela consultoria NTC & Logística e todos eles devem, com uma certa regularidade, submeter-se ao Exame Toxicológico. No dia 30 de junho é comemorado do Dia do Caminhoneiro e a data relembra a importância do teste. O exame toxicológico não requer nenhum preparo, é indolor e muito simples.

A exigência do exame toxicológico para motoristas profissionais das categorias C, D e E passou a valer em 2016. Empresas com motoristas contratados via CLT também são obrigadas a realizar o teste de drogas de larga janela de detecção na pré-admissão e na demissão dos colaboradores que exerçam a profissão de motorista profissional. Uma das empresas que atuam no Brasil para realizar esses exames e contribuir para a manutenção da vida é o Grupo Pardini, por meio da área de negócio Toxicologia Pardini.

Na opinião do coordenador do SOS Estradas, Rodolfo Rizzotto, a adoção de exames toxicológicos no Brasil é a única razão para a redução no número de acidentes envolvendo caminhões e ônibus nas estradas brasileiras. Ele fez um estudo que tem como base dados da Polícia Rodoviária Federal, comparando os anos de 2015 e 2017.

O número de ocorrências nas rodovias federais do país envolvendo caminhões apresentou queda de 34%, enquanto com os ônibus a redução foi de 45%. Se analisarmos os dados gerais, incluindo veículos de passeio, a diminuição foi de 27%. Por isso, em função da diferença significativa nos dados estatísticos, Rodolfo Rizzotto argumenta que o exame toxicológico foi determinante na redução dos acidentes envolvendo os motoristas que realizaram o teste que inibe o uso de drogas.

A Toxicologia Pardini assinala seu compromisso com a sociedade, oferecendo aos motoristas exames toxicológicos que asseguram resultados com qualidade e confiança. O diagnóstico utiliza métodos avançados que garantem mais segurança, reduzindo a quantidade de motoristas que usam substâncias psicoativas nas estradas brasileiras.

Na Toxicologia Pardini, para acompanhar o status do exame não é necessário sair de casa, já que é possível receber informações por e-mail ou SMS em tempo real. A Toxicologia Pardini possui uma das maiores redes de coleta de amostras de exames toxicológicos do país, com mais de 4.500 pontos de parceiros distribuídos em todo o território nacional, além das unidades próprias com as marcas Hermes Pardini (Minas Gerais e São Paulo), Padrão (Goiás) e CNMG (Rio de Janeiro).

Depois da coleta, o motorista pode acompanhar as etapas percorridas pela amostra. O motorista não precisa se preocupar com nada, após realizada a análise, o resultado é encaminhado automaticamente ao RENACH (Registro Nacional de Carteira de Habilitação) e o motorista recebe o resultado no celular.

Por todos esses motivos, o exame toxicológico é fundamental para a manutenção da segurança das estradas brasileiras, e traz benefícios diretos aos motoristas e passageiros.

Tags:

Dia do Caminhoneiro, exame toxicológico, teste de drogas de larga janela de detecção, Toxicologia Pardini

Compartilhe: