Cerimônia reuniu profissionais e gestores de serviços e instituições; ministro destacou a força do Sistema Único de Saúde

A Expolab reúne experiências de 27 laboratórios centrais de todos os estados brasileiros, 13 laboratórios de fronteira e 3 centros de referência. Foto: Walterson Rosa/MS

Para discutir os desafios e avanços em diagnósticos laboratoriais no Brasil, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, esteve na 1ª Mostra Nacional de Experiências da Rede de Laboratórios de Saúde Pública (Expolab) nesta quarta-feira (4). O evento contou com a participação da epidemiologista e chefe da Unidade de Doenças Emergentes e Zoonóticas do Programa de Emergências da Organização Mundial da Saúde (OMS), Maria Van Kerkhove.

Na abertura da cerimônia, Queiroga destacou o crescimento do Sistema Único de Saúde (SUS) ao longo desses 30 anos e a preocupação sobre os cuidados com a saúde dos brasileiros.

“O Brasil é uma nação que tem mais de 210 milhões de habitantes, com 27 estados e mais de 5 mil e 500 municípios e onde há Brasil, há SUS. Hoje, não há dúvidas de que a nossa capacidade de assistência é bem maior e é com o SUS que nós vamos enfrentar as emergências de saúde pública. Vamos continuar trabalhando juntos e vamos construir cada vez mais um SUS que atenda os anseios da nossa população”, contou.

A representante da OMS, Maria Van Kerkhove, também destacou o sistema de saúde brasileiro no enfrentamento da pandemia. “Obrigado pelo esforço de cada um nessa pandemia. Continuem o trabalho, porque o que vocês fazem importa e salva vidas”, ressaltou.

O evento contou ainda com a participação da representante da OPAS/OMS no Brasil, Socorro Gross, que destacou a importância do SUS em levar saúde para todos os cantos da América Latina e do mundo.

“Agradecemos pelo esforço solidário que o Brasil tem feito para levar a América do Sul e ao mundo todo o cuidado e toda a saúde. Estamos nos movimentando para que essas capacidades se mantenham e para que nossa região seja cada vez mais independente e mais forte para enfrentar os desafios que o mundo nos traz”, disse.

A Expolab reúne experiências de 27 laboratórios centrais de todos os estados brasileiros, 13 laboratórios de fronteira e 3 centros de referência.

Dentre os principais temas abordados, estão: Panorama da vigilância da Covid-19 e da vigilância genômica e o caminho a seguir; Vigilância laboratorial durante a pandemia de Covid-19 no Brasil; e Vigilância Genômica no Brasil.

O evento tem como objetivo apresentar informações sobre a dinâmica do sistema nacional de laboratórios de saúde pública (SISLAB) do Brasil e dar visibilidade aos avanços obtidos nos últimos anos no campo do diagnóstico laboratorial, permitindo a troca de experiências entre profissionais e gestores de serviços e instituições.

Tags:

1ª Mostra Nacional de Experiências da Rede de Laboratórios de Saúde Pública (Expolab), diagnósticos laboratoriais

Compartilhe: