Projeto visa desvendar mecanismos biológicos e moleculares relacionados à geração de resposta imunológica protetora de uma vacina terapêutica baseada em células dendríticas

Os candidatos devem ter experiência em estudos envolvendo virologia, em especial cultura celular e biologia molecular

Um projeto de pesquisa conduzido na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), em parceira com o Centro de Virologia do Instituto Adolfo Lutz, recebe candidaturas de interessados em uma vaga de pós-doutorado com bolsa da FAPESP. O prazo de inscrição termina em 25 de janeiro de 2019.

A oportunidade está vinculada ao Projeto Temático “Vacina terapêutica baseada em células dendríticas aDC1 e vírus autólogo inativado visando o controle viral de indivíduos infectados pelo HIV em interrupção de terapia antirretroviral”. O objetivo geral do projeto é desvendar mecanismos biológicos e moleculares relacionados à geração de resposta imunológica protetora de uma vacina terapêutica baseada em células dendríticas, incluindo o impacto da diversidade viral, natural e in vitro.

O bolsista deverá conduzir pesquisa relacionada ao desenvolvimento do produto, mas terá oportunidade de estudar diversidade genética de outros isolados e de amostras primárias, além de participar de outras atividades regulares, como a apresentação de seminários, elaboração de artigos e a disseminação dos resultados da pesquisa.

Como resultado de sua pesquisa de pós-doutorado, deverá ainda produzir artigos a serem submetidos em revistas de alto impacto acadêmico, bem como apresentá-los em seminário de trabalho.

Os candidatos devem ter experiência em estudos envolvendo virologia, em especial cultura celular e biologia molecular. Além disso, é desejável que o candidato tenha algum conhecimento relativo a tecnologias relacionadas ao desenvolvimento de produtos vacinais, como delivery vacinal e uso de adjuvantes, caracterização de epítopos relevantes à resposta imunológica, no dimensionamento de reservatórios virais, em sequenciamento genético de nova geração em geral e noções de bioinformática no estudo da diversidade do HIV-1 em particular.

Os candidatos devem enviar, por e-mail, carta de interesse e currículo vitae/currículo Lattes, incluindo referências, para o coordenador do projeto, o professor Alberto Jose da Silva Duarte ([email protected]).

Mais informações sobre a vaga aqui.

A oportunidade de pós-doutorado está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 7.373,10 mensais e Reserva Técnica equivalente a 15% do valor anual da bolsa para atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso o bolsista de PD resida em domicílio fora da cidade na qual se localiza a instituição-sede da pesquisa e precise se mudar, poderá ter direito a um auxílio-instalação.

Tags:

Fapesp, FMUSP, Instituto Adolfo Lutz

Compartilhe: