Batizado de Fleury Lab, iniciativa fomenta a cultura digital e parcerias com startups e comunidade científica

Outra vertente do programa é o Fleury Lab Startups, voltado para a prospecção de antenas de inovação para a geração de negócios baseados em tecnologias digitais disruptivas

Com o objetivo de acelerar a transformação digital e inovação em curso na companhia, o Grupo Fleury lança a plataforma Fleury Lab. A iniciativa inclui um novo espaço físico para o desenvolvimento de projetos digitais, uma sala no InovaBra Habitat para o relacionamento com as startups e um portal com conteúdo voltado para entusiastas de inovação.

Próximo à Avenida Paulista, o novo espaço com capacidade para até 80 pessoas reúne squads de profissionais multidisciplinares, tais como desenvolvedores, gerentes de produto e designers de experiência de usuário. Para atrair e reter essa nova geração de talentos, o Grupo Fleury flexibilizou para esses times uma política própria de remuneração, contratação e compras. “A proposta foi reunir equipes de diferentes áreas, voltadas para a inovação digital, em um único local e, dessa forma, fortalecer uma nova cultura, que converse com as futuras gerações, sem perder a qualidade e credibilidade de uma empresa com mais de 90 anos de existência”, diz Rodolpho Meschgrahw, gerente sênior de Marketing e Inovação no Grupo Fleury.

Dentre os projetos digitais em curso pelo Fleury Lab estão: novos modelos de atendimento digital a clientes e médicos; aceleração e evolução do Fleury Genômica – plataforma de e-commerce para exames genéticos; assessoria médica digital via chatbots; novos aplicativos de resultados de exames e websites para as marcas do Grupo; digitalização do serviço Fleury em Casa; entre outros.

Startups

Outra vertente do programa é o Fleury Lab Startups, voltado para a prospecção de antenas de inovação para a geração de negócios baseados em tecnologias digitais disruptivas. O InovaBra Habitat é uma dessas antenas no Brasil em que mais de 50 startups foram mapeadas desde 2018, destacando-se projetos como a construção de inteligência artificial para identificação de pneumonia em imagens de raios- X junto à Data H.

Também com o objetivo de capitanear startups brasileiras e internacionais, o Fleury investiu no fundo Qure, da israelense Ourcrowd, participou do TechEmerge Brasil, que resultou em três projetos de validação de tecnologias, estabeleceu parceria com o The Bakery para aceleração de desafios corporativos e aproximou-se da Business Finland para conexão com empresas.

Ao todo, mais de 150 startups foram mapeadas em seis meses e atualmente 20 provas de conceito ou validações estão em andamento. Alguns exemplos de projetos a partir de parcerias são:

– Com a Combinostics, que tem como principal objetivo usar inteligência artificial para detectar precocemente demência;

– Com a Aidoc, uso de inteligência artificial para detectar anormalidades em tomografias e avisar sobre a necessidade de priorização do tratamento;

– Com a Exalenz, para avaliar testes não invasivos de detecção de bactéria causadora de úlcera que, em casos mais graves, pode se tornar um câncer.

Point de inovação virtual

Para congregar e trocar todo esse conhecimento, informar sobre os novos exames, inscrições para projetos de pesquisa e parcerias estabelecidas é que o Fleury Lab Virtual entrará no ar este ano. “O objetivo do site é atender aos interesses por conhecimento e oportunidades em projetos de pesquisa de profissionais do setor, colaboradores internos e entusiastas da saúde”, ressalta Meschgrahw.

Tags:

Fleury Lab, Fleury Lab Startups, Grupo Fleury, inovação

Compartilhe: