Oito projetos foram escolhidos para receber financiamento e infraestrutura necessários para seu desenvolvimento

No total, 23 projetos foram submetidos à avaliação de um comitê formado por pesquisadores do Grupo Fleury

O Grupo Fleury anuncia os oito trabalhos selecionados a partir de chamada pública realizada em fevereiro de 2018. Tratam-se de projetos de pesquisa de alta complexidade em medicina diagnóstica e que receberão apoio financeiro e científico para seu desenvolvimento. O objetivo da iniciativa é o fomento de conhecimento médico-científico na área de medicina personalizada.

No total, 23 projetos foram submetidos à avaliação de um comitê formado por pesquisadores do Grupo Fleury. Cada projeto recebeu três avaliações independentes de acordo com os critérios de Originalidade e Relevância da Proposta; Estrutura e Embasamento do Projeto Escrito; Coerência entre Metodologia, Objetivos e Resultados Esperados; Viabilidade Técnica e Econômica da Proposta; Potencial para Gerar Novo Teste Diagnóstico; Compatibilidade da Equipe Executora com a Programação do Projeto; e Compatibilidade do Orçamento aos Objetivos. Os oito que melhor atenderam aos critérios estabelecidos contemplam especialidades médicas da Oncologia/Hematologia, Medicina Fetal, Neurologia, Genômica, Cardiologia e Reumatologia.

“Iniciativas como essa têm o potencial de gerar conhecimento científico e inovações para o diagnóstico cada vez mais preciso e personalizado”, afirma o Dr. Edgar Gil Rizzatti, diretor executivo Médico, Técnico e de Processos do Grupo Fleury.

A partir de um montante de R$ 800 mil, o financiamento dos projetos será realizado por meio de aquisição de softwares, insumos necessários e serviços de terceiros, além do acesso à infraestrutura, tanto de equipamentos como da assessoria médica e científica do Grupo Fleury.

A expectativa é de que os estudos, que também contam com apoio de pesquisadores de instituições, como USP, Unifesp, HCFMUSP, Unicamp, Incor, Instituto Paulo Gontijo, Universidade de Viena (Áustria), sejam concluídos em até dois anos.

Os projetos aprovados e as equipes participantes, com suas respectivas instituições parceiras encontram-se abaixo listados:

Análise proteômica e de ativação da coagulação na apneia obstrutiva do sono: potencial identificação de biomarcadores para uso na prática clínica
Luciano F. Drager – Instituto do Coração, Geraldo Lorenzi-Filho – Instituto do Coração (InCor), Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, Karina H. M. Cardozo – Grupo Fleury, Valdemir M. Carvalho – Grupo Fleury, Maria Carolina Tostes Pintão – Grupo Fleury, Ellen Cristiane Simoes Martins – Grupo Fleury, Adriana Lebkuchen – Grupo Fleury.

Avaliação de DNA tumoral circulante em pacientes com linfoma não hodgkin difuso de grandes células b, acompanhados com pet-ct e tratados com r-chop
Guilherme Brasil Duffles Amarante – Universidade Estadual de Campinas, Irene Gyongyver Heidemarie Lorand-Metze, Universidade Estadual de Campinas, Márcia Torresan Delamain – Universidade Estadual de Campinas, Kátia Borgia Barbosa Pagnano – Universidade Estadual de Campinas, Erich Vinícius de Paula – Universidade Estadual de Campinas, Leandro Luiz Lopes de Freitas – Universidade Estadual de Campinas, Celso Dario Ramos – Universidade Estadual de Campinas, Maria de Lourdes Chauffaille – Grupo Fleury, Elisa Napolitano Ferreira – Grupo Fleury, David Santos Marco Antonio – Grupo Fleury.

Encefalites autoimunes no Brasil – Módulo II: descrição clínica, desenvolvimento de plataformas metodológicas inovadoras e avaliação de desenvolvimento de plataformas metodológicas inovadoras e avaliação de triggers virais
Lívia Almeida Dutra – Universidade Federal de São Paulo e Hospital Israelita Albert Einstein, Pedro Kowacs – Instituto de Neurologia de Curitiba, Helio Teive – Hospital Universitário UFPR, Katia Lin – Hospital Universitário (HU/UFSC), Felipe Schimdt – Hospital Universitário Pedro Ernesto HUPE, Mariana Spitz – Hospital Federal dos Servidores do Estado, Aline Freire Borges Juliano – Hospital Universitário Presidente Dutra, Leticia Januzi – Hospital Universitário UFAL, Pedro Braga Neto – Departamento de Medicina Clínica UFC, Jamary de Oliveira Filho – Hospital Universitário Professor Edgard Santos, Ana Paula Pinheiro Martins – Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP‐USP), Ronaldo Maciel Dias – Instituto Hospital De Base do Distrito Federal IHBDF, Francisco Cardoso – Hospital das Clínicas da UFMG, Alessandra Dellavance – Grupo Fleury, Ana Maria Fraga – Grupo Fleury, Romana Höftberger – Institute of Neurology, Medical University of Vienna (MUV), Orlando Graziani Povoas Barsottini – Universidade Federal de São Paulo.

O papel do sequenciamento de nova geração na avaliação diagnóstica de policitemia idiopática e neoplasias mieloproliferativas triplo negativas
Alex Freire Sandes – Universidade Federal de São Paulo e Grupo Fleury, Laura Coutinho Vassalli – Universidade Federal de São Paulo, Miguel Mitne Neto – Grupo Fleury, Elisa Napolitano e Ferreira – Grupo Fleury, David Santos Marco Antonio – Grupo Fleury.

Quantificação de DNA humano nas fezes e pesquisa de mutações de DNA fecal como marcadores para rastreamento de pólipos e câncer colorretal.
Márcia W. E. Cavichio – Grupo Fleury, Patricia Marinho C. de Oliveira – Grupo Fleury, Ismael D. Cotrim G. da Silva – Grupo Fleury, Nora Manoukian Forones – Universidade Federal de São Paulo, Ana Maria Fraga – Grupo Fleury, Elisa Napolitano E. Ferreira – Grupo Fleury.

Sequenciamento do Genoma Completo de Pacientes com Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA)
Miguel Mitne Neto – Grupo Fleury, Francisco Tellechea Rotta – Instituto Paulo Gontijo, Mayana Zatz – Universidade de São Paulo – Centro de Pesquisa sobre o Genoma Humano e Células-Tronco (CEGH-CEL), David Santos Marco Antonio – Grupo Fleury.

Terapia imunossupressora no Lúpus Eritematoso Sistêmico: heterogeneidade no impacto sobre o sistema imunitário
Luis Eduardo Coelho Andrade – Grupo Fleury e Universidade Federal de São Paulo, Mônica Simon Prado – Universidade Federal de São Paulo, Renan de Almeida Agustinelli – Universidade Federal de São Paulo, Sandro Félix Perazzio – Grupo Fleury e Universidade Federal de São Paulo, Alexandre Wagner Silva de Souza – Grupo Fleury e Universidade Federal de São Paulo.

Uso do acgh e snp array para investigação de anormalidades cromossômicas em produtos de abortamento obtidos por celocentese e esvaziamento uterino
Mario Henrique Burlacchini de Carvalho – Grupo Fleury e Universidade de São Paulo, Yzabel Cybelle Basílio Moreira – Universidade de São Paulo, Antônio Gomes de Amorim Filho – Grupo Fleury e Universidade de São Paulo, Miguel Mitne Neto – Grupo Fleury, Luciana Guilhermino – Grupo Fleury.

Tags:

Grupo Fleury, medicina diagnóstica, medicina personalizada

Compartilhe: