A aquisição do DLE é a quarta desde o IPO, realizado em fevereiro do ano passado, e décima na história do Hermes Pardini. 

Segundo divulgou a mídia nacional, o grupo mineiro de medicina diagnóstica Hermes Pardini adquiriu o laboratório carioca DLE Genética Humana e Doenças Raras por R$ 68 milhões. Esse valor pode ter um acréscimo de R$ 12 milhões a depender de metas de faturamento estabelecidas para a DLE neste ano. Em 2017, esse laboratório registrou uma receita bruta de R$ 22,5 milhões. O ativo será pago da seguinte forma: R$ 17 milhões à vista, outros R$ 17 milhões daqui 12 meses e R$ 34 milhões em dois anos.

O laboratório DLE realiza cerca de 1 milhão de testes especializados por ano. A aquisição do DLE é a quarta desde o IPO, realizado em fevereiro do ano passado, e décima na história do Hermes Pardini.

A área de genética é uma das principais apostas do mercado de medicina diagnóstica, em especial, a oncogenética. O câncer está muito associado às características hereditárias do paciente e os exames de alta complexidade ajudam na detecção da doença.

Tags:

DLE Genética Humana e Doenças Raras, Hermes Pardini

Compartilhe: