Em função do Dia Mundial contra a AIDS, celebrado em 1º de dezembro, foi criado em 2017 no Brasil o Dezembro Vermelho, que tem o objetivo de conscientizar sobre as medidas de prevenção, assistência, proteção e promoção dos direitos humanos das pessoas portadoras de HIV.

De acordo com dados da Secretaria de Estado da Saúde, do Ministério da Saúde e do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS), a cada 15 minutos uma pessoa se infecta com o vírus no Brasil.

Sigla em inglês do vírus da imunodeficiência humana causador da aids, o HIV ataca o sistema imunológico, responsável por defender o organismo de doenças. O vírus é transmitido por relações sexuais desprotegidas, contato com sangue de pessoas infectadas, no parto e na amamentação por mães HIV+.

Para incentivar os cuidados com a saúde e conscientizar sobre a importância de manter os exames laboratoriais de rotina em dia, o Labi Exames oferece, durante todo o mês de dezembro, 1.000 exames gratuitos. As primeiras 1.000 pessoas que forem a uma das seis unidades do Labi Exames podem fazer gratuitamente a Sorologia para HIV 1 e 2.

“As indicações formais para fazer a sorologia para HIV já abrangem muitas pessoas, principalmente no quesito do comportamento sexual de risco, ou seja, indivíduos com vários parceiros sexuais ou que não usam preservativo. Outra indicação é a presença de sintomas sugestivos de HIV, que são inespecíficos e incluem emagrecimento, náuseas, vômitos, dor abdominal, febre entre outros. Por conta disso, todo indivíduo que desejar se testar deve fazer o exame e isso faz parte da busca pela saúde e segurança sexual”, finaliza o médico Octavio Fernandes, vice-presidente de operações do Labi Exames.

Tags:

Dezembro Vermelho, Labi Exames

Compartilhe: