Sistema implantado há cerca de um ano melhora agilidade, rastreabilidade e controle dos processos do Laboratório Santa Cecília, de Lavras, MG

A interface agora é muito mais eficiente, com verificação automática de resultados, mínima necessidade de digitação, alertas para resultados alterados, entre outros benefícios

Primeiro laboratório de Lavras, MG, com acreditações ISO 9001 e ONA, certificações que exigem um nível máximo de excelência, o Laboratório Santa Cecília, com 47 anos de história, investiu na modernização de suas ferramentas de gestão e passou a utilizar as soluções da Shift, empresa especializada em tecnologia da informação para medicina diagnóstica. De acordo com a administração da empresa mineira, que possui atualmente 12 unidades de atendimento na região, o novo sistema trouxe maior segurança, rastreabilidade e agilidade nos processos.

“Os selos ISO e ONA requerem controles de qualidade eficazes e rastreabilidade completa dos dados para a tomada de decisões. O sistema da Shift fornece rastreabilidade total, além de fornecer diversos relatórios para análise e controle de todos os processos. Associado a isso, é um sistema já conhecido no mercado e que tem alta credibilidade frente aos auditores”, afirmou a Dra. Alessandra Couto Ticle, diretora do Laboratório Santa Cecília.

Com a implantação das soluções Shift, o laboratório já vem sentindo os primeiros resultados, principalmente na área técnica, na qual praticamente foi zerada a digitação de resultados, e na integração do estoque com o setor financeiro, o que agilizou o processo e reduziu sobremaneira os erros.

Há cerca de um ano utilizando o sistema da Shift, o laboratório identificou ainda melhorias no atendimento da recepção, com melhor controle de senhas pelo painel de atendimento, redução de 42% de atrasos na liberação de laudos com maior controle dos resultados pelo uso do radar, relatório de log e disponibilização do TAT, além de redução de gastos com papel: eliminação de comprovantes de coleta, mapas e planilhas de trabalho.

Outro ganho, de acordo com a gestão do Santa Cecília, foi a redução de recoletas devido à facilidade de consultar informações de clientes e instruções, se refletindo em maior agilidade e segurança na área técnica.

“Nossos erros de transcrição e digitação praticamente zeraram. A interface agora é muito mais eficiente, com verificação automática de resultados, mínima necessidade de digitação, alertas para resultados alterados, entre outros benefícios”, informou Dra. Alessandra.

O laboratório citou ainda como vantagem a rastreabilidade de todos os processos e a segurança das informações fornecidas pelos softwares da Shift. “Precisávamos de um sistema que nos trouxesse a confiança que buscávamos, fornecendo dados reais para auxiliar a tomada de decisão. Os dados agora são fidedignos e se reproduzem”, disse a diretora.

Na área financeira também houve melhorias, como a interação entre financeiro e estoque, gerando maior agilidade nestes processos, com redução da necessidade de lançamento de notas no financeiro e maior segurança e redução de erros de valores de contas pagas e recebidas pela importação de extratos bancários e necessidade de conciliação de contas.

O laboratório agora visa a abertura de unidades fora de Lavras e a manutenção e fidelização de clientes, já que, para isso, é preciso um bom gerenciamento dos processos. “Hoje, pelo sistema, controlamos o movimento das unidades em tempo real, sabemos o perfil de cliente, exames e convênios da unidade, suas receitas e despesas. Os clientes estão muito satisfeitos com o atendimento, o layout dos comprovantes de coleta e laudos, a liberação de resultados, a facilidade de acesso aos resultados pela internet e os comunicados enviados por e-mail. A produtividade do laboratório aumentou bastante por tornar os processos mais enxutos e rápidos, sobretudo na área técnica”, afirmou Alessandra.

Tags:

Laboratório Santa Cecília, Shift, tecnologia da informação para medicina diagnóstica

Compartilhe: