A avaliação conferiu nível máximo de excelência em gestão e serviços de saúde; Lustosa é o primeiro de sua categoria em Belo Horizonte e região metropolitana a conquistar a Acreditação 

A acreditação ONA reconhece os melhores padrões e as melhores práticas nas organizações e serviços de saúde com base nas normas nacionais, internacionais e no Manual Brasileiro de Acreditação

O Lustosa é o primeiro laboratório de patologia clínica ambulatorial – com atendimento direto a pacientes – de Belo Horizonte e região metropolitana a ser acreditado pela Organização Nacional de Acreditação – ONA. O laboratório, que também atua na área de vacinas e genômica, conquistou o nível máximo de excelência em gestão (nível 3), de acordo com rígidos critérios que avaliam diversos processos da empresa, com base em três pilares: qualidade, segurança e sustentabilidade.

A acreditação ONA reconhece os melhores padrões e as melhores práticas nas organizações e serviços de saúde com base nas normas nacionais, internacionais e no Manual Brasileiro de Acreditação. Isso significa que o laboratório cumpre rigorosos processos, padronizados e controlados com foco na melhoria contínua, proporcionando maior segurança para todos os usuários de seus serviços.

Tudo isso impacta diretamente na entrega de resultados confiáveis, que contribuem para a decisão médica quanto a conduta a ser adotada. “Sempre fomos o laboratório de confiança do médico, e a Acreditação vem chancelar nossa visão de sermos referência em nossa área de atuação”, comemora a presidente do Lustosa, Dra. Eliane Lustosa Cabral.

A metodologia utilizada pela ONA é reconhecida dentro do sistema da saúde por considerar as melhores práticas nacionais e internacionais. No Lustosa, essas práticas são observadas dentro de uma atenção totalmente centrada no paciente. Em todas as unidades, é oferecido um atendimento diferenciado e humanizado, no qual um profissional de saúde – chamado “atendente técnico” – acompanha o paciente desde o acolhimento até a coleta do material biológico. Isso favorece o reconhecimento de necessidades específicas de cada cliente, garantindo um processo pré-analítico seguro.

O Lustosa adota práticas de governança clínica em todas as etapas do exame laboratorial: pré-analítica, analítica e pós-analítica, bem como em suas áreas de apoio. A preocupação com a segurança e a qualidade envolve desde o cuidado com as amostras biológicas até o mobiliário de coleta adequado, a rastreabilidade de todas as etapas, a equipe altamente preparada, bem como os melhores equipamentos e tecnologias disponíveis no mercado. Na liberação dos resultados, o laboratório avalia o histórico do paciente e suas características individuais, além de oferecer assessoria para médicos, com um atendimento direto aos profissionais de saúde para suporte ao diagnóstico.

Todos esses cuidados são reconhecidos pelo Net Promoter Score – NPS – superior a 85%, considerado nível de excelência em satisfação dos clientes.

Outra importante ferramenta utilizada para assegurar a qualidade e confiabilidade dos resultados é a participação no programa de controle externo da qualidade, Controllab, da Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial (SBPC/ML) desde a sua fundação, em 1977.

Sustentabilidade

Além das questões de qualidade e segurança, fundamentais nos processos inerentes a um laboratório de patologia clínica, a ONA reconheceu as práticas do Lustosa em relação aos critérios de sustentabilidade. Dentro deste quesito, são avaliadas as ações ligadas à uma gestão responsável, que vise a perenidade da empresa no mercado com bases sólidas, planejamento e controle.

Além de atuar junto aos seus clientes, o Lustosa tem um importante trabalho de responsabilidade social, apoiando iniciativas como o Núcleo Assistencial Caminhos para Jesus, o Projeto AMMOR e o projeto assistencial Novo Céu, com exames gratuitos à população atendida por essas instituições.

Trajetória

O controle da qualidade é um conceito de enorme importância para o segmento laboratorial e foi introduzido em Minas Gerais, de forma pioneira, pelo Dr. Geraldo Lustosa. Sua visão ética e o profundo conhecimento em diversas áreas da medicina tornaram possível a adoção de medidas que asseguram, ainda hoje, essa qualidade.

Desde sua fundação, em 1958, o Lustosa preza pela excelência em medicina laboratorial, apoiando o trabalho dos médicos e demais profissionais da saúde. Esse compromisso se traduz no cuidado dedicado a cada um dos processos que envolve a realização de exames.

Em 2017 foi iniciado o serviço de vacinas, que conta com os principais imunizantes do mercado privado e equipe altamente qualificada. Já em 2019 foi adquirida a clínica Ecocenter, especializada em exames de imagem e iniciado o setor de genômica.

Atualmente o Lustosa conta com 28 unidades distribuídas em Belo Horizonte e região metropolitana, incluindo serviço empresarial e domiciliar. Ao todo, são mais de 350 colaboradores, que atendem a cerca de 35 mil pessoas todos os meses.

Além da Acreditação da ONA, o Lustosa também é acreditado desde 2002, pelo Programa de Acreditação de Laboratórios Clínicos – PALC – da Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial – SBPC/ML.

“Essa é a coroação de toda a trajetória do Lustosa. Um reconhecimento ao trabalho que vem sendo realizado desde a época do Dr. Geraldo, que iniciou o controle da qualidade no Laboratório antes mesmo de existir qualquer selo”, conclui a presidente da empresa.

Tags:

Lustosa, Organização Nacional de Acreditação - ONA

Compartilhe: