Atualmente, a anemia afeta mais de 30% da população em todo o mundo, sendo uma das principais responsáveis ​​por 20% das mortes maternas. A Siemens Healthineers possui as ferramentas diagnósticas necessárias para a detecção precoce desta doença

No Dia Mundial da Nutrição, é fundamental lembrar da necessidade de incentivar uma alimentação de qualidade e seus benefícios desde os primeiros anos de vida

Mesmo com a diminuição significativa nos índices de desnutrição no Brasil nos últimos anos, esse problema ainda continua – de acordo com um inquérito divulgado pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar (Rede PENSSAN), a pandemia da Covid-19 fez com que a crise econômica se agravasse ainda mais no país, fazendo com que a insegurança alimentar se estendesse para a população que não se encontra em condição de pobreza.

Por isso, no âmbito do Dia Mundial da Nutrição, é fundamental lembrar da necessidade de incentivar uma alimentação de qualidade e seus benefícios desde os primeiros anos de vida, pois a não abordagem desse aspecto gera outros problemas de saúde para o indivíduo ou maior magnitude como é o caso da anemia.

A anemia é o resultado de uma deficiência nos níveis de glóbulos vermelhos ou glóbulos vermelhos disfuncionais no corpo, o que causa uma redução no fluxo de oxigênio para os órgãos. Esta doença pode causar cansaço e fraqueza. Na verdade, as mulheres e as crianças são as mais afetadas por esta doença, com cerca de 818 milhões de mulheres grávidas, não grávidas e crianças pequenas.

“Atualmente, a anemia atinge mais de 30% da população em todo o mundo, sendo uma das principais responsáveis ​​por 20% das mortes maternas. Embora existam inúmeras classificações de anemia em mulheres, o fator que mais contribui para o desenvolvimento da anemia é a deficiência de ferro. Ou seja, o distúrbio nutricional mais prevalente no mundo”, confirma Helida Silva, Gerente de Assuntos Médicos da Siemens Healthineers, América Latina.

Portanto, comemorar o Dia da Nutrição é a forma de chamar a atenção para esse problema. Buscar um trabalho articulado entre as entidades para o alcance de uma alimentação saudável desde a primeira infância. É tarefa de todos garantir que a alimentação seja balanceada e rica em nutrientes como vitamina B12, ácido fólico e principalmente ferro, já que 50% dos casos de anemia são decorrentes da carência desse componente. Estudos garantem que ter uma boa alimentação desde a infância contribui para reduzir a possibilidade de sofrer complicações de saúde na vida adulta.

Nessa ordem de ideias, foram identificados cinco sintomas a serem levados em consideração, os quais, se os tiver, é recomendável visitar o seu médico de confiança:

– Sensação de fraqueza ou cansaço com mais frequência do que o normal ou com exercícios

– Dores de cabeça constantes

– Problemas de concentração ou pensamento lógico

– Pele pálida e membranas mucosas

– Falta de apetite

Uma vez que a anemia, geralmente, é detectada durante exames de sangue de rotina, os exames laboratoriais de diagnóstico desempenham um papel fundamental no cuidado durante o tratamento. Por isso, a Siemens Healthineers possui as ferramentas diagnósticas necessárias para a detecção precoce desta doença, pois está ciente da importância de tecnologias diagnósticas que permitam a análise de amostras mais precisas, ágeis e eficientes.

A Siemens Healthineers se caracterizou como precursora do cuidado com a saúde, por isso, neste dia, quer enfatizar a necessidade de abordar este tema, e convida a todos os brasileiros a serem participantes e precursores no cuidado de sua alimentação. Realize o check-up anual com o médico de sua confiança.

Referências 

http://olheparaafome.com.br/

https://gauchazh.clicrbs.com.br/politica/noticia/2019/07/apesar-de-menor-fome-ainda-afeta-o-brasil-aponta-orgao-da-onu-cjybivpzw010h01poanth3n8l.html

Tags:

anemia, deficiência de ferro, Dia Mundial da Nutrição, Siemens Healthineers

Compartilhe: