Desde julho de 2017, foram registrados no Brasil 415 mortes por febre amarela com 1.266 casos confirmados e 1.232 ainda em investigação (Figura 1)1.

Figura 1

Conforme o Informe Epidemiológico da Febre Amarela do Governo de Minas Gerais, no período de julho de 2017 a junho de 2018, foram confirmados 528 casos da doença, 177 óbitos e 64 casos continuam em investigação no Estado (Figura 2)2.

Figura 2

Um estudo de sensibilidade foi realizado no Laboratório de Virologia da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) com o teste de Febre Amarela da ECO Diagnóstica em duas amostragens, nos meses de fevereiro e julho de 2018.

O estudo utilizou 75 amostras de soro previamente confirmadas como positivas para febre amarela por RT PCR e MAC Elisa. O teste apresentou resultado satisfatório*.

A ECO Diagnóstica possui o teste rápido para detecção e diferenciação de anticorpos IgG e IgM anti-febre amarela vírus. O teste utiliza apenas 20ul de amostra de soro, plasma ou sangue total e libera o resultado em 15 minutos.

Fonte:

1. Ministério da Saúde – portalms.saude.gov.br/

2. Informe Epidemiológico da Febre Amarela (12/06) – Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais

* Solicite o estudo comparativo original completo.

Para mais informações: (31) 3653-2025 / [email protected].

Tags:

ECO Diagnóstica, febre amarela

Compartilhe: