“Pensado de forma simples, bonita e eficiente e de uma maneira extremamente inteligente. A simplicidade do sistema e a alta tecnologia empregada no carrinho, que pode ser facilmente substituído ou que faz os desvios, oferecendo velocidade a uma amostra de urgência… Estou maravilhado!”. Essa foi a forma com que o Sócio Administrativo e Diretor do LABO, Onildo Pereira de Oliveira Filho, descreveu suas primeiras impressões sobre o GLP, sistema de automação laboratorial da Abbott Diagnostics.

O modo com que as pistas foram desenvolvidas, sem engrenagem na parte inferior e a facilidade de substituição individual do carrinho caso haja necessidade são outros destaques apontados pelo Diretor. Hoje, o Dr. Oliveira Filho explica que seu gargalo técnico está na engrenagem, “o que no GLP é impossível”, diz.

Por que automatizar seu laboratório?

De acordo com o Diretor do LABO, a utilização de uma automação é fundamental para agilizar os processos e otimizar as análises das coletas nos diferentes equipamentos. “Meu complicador era o manuseio dos tubos, colocá-los em cada analisador. Isso gerava um volume de coleta muito grande porque era feita uma para cada equipamento. O sistema automatizado trouxe uma grande solução nesse sentido porque agora a coleta entra em diversos equipamentos com o mesmo tubo, sem gerar atrasos na rotina”, explica.

No caso do LABO, que atua com seis hospitais e recebe grandes volumes, a aquisição de um sistema automatizado foi crucial para a entrega de resultados e ganho de tempo. “Tenho um TAT muito apertado, preciso dos resultados em duas horas. Hoje a minha esteira me limita se tenho coletas em urgência. Para isso preciso colocá-los na parte da frente do equipamento e tenho um prazo de entrega maior. O GLP permite priorizar amostras facilmente, já que um carrinho pode ‘ultrapassar’ o outro”, ressalta o Dr. Onildo.

Em uma parceria com a Abbott Diagnostics que já dura quatro anos nas linhas de hormônios e imuno-hematologia, o LABO passará a utilizar o equipamento Alinity h para atender a um expressivo número de testes na linha de hematologia e apoiando a rotina nas análises de reticulócitos. “O Alinity faz a pipetagem sem precisar tirar o tubo da pista. E isso oferece um incrível ganho em velocidade”.

Localizado em Vitória da Conquista, (BA), o LABO está presente em 42 unidades distribuídas em 20 municípios da região. Com uma demanda de 350 mil exames por mês, o laboratório possui atualmente quase todos os equipamentos interfaceados. O Diretor explica que em breve deve incluir também os setores de hematologia e imuno-hematologia, o que ajudará na otimização das rotinas.

Conheça de perto o sistema que não para

Que tal vivenciar pessoalmente o que tanto impressionou o Dr. Onildo Pereira de Oliveira Filho no sistema GLP? A Abbott Diagnostics está promovendo visitas agendadas em seu escritório no Itaim Bibi, em São Paulo, para apresentar aos interessados o sistema em operação.

As próximas visitas acontecerão nos dias 24 e 25 de novembro, entre às 14h e 16h. A demonstração do GLP Systems tem duração de aproximadamente uma hora.

As visitações podem ser agendadas neste link.

Para mais informações sobre a automação GLP, clique aqui.

Todas as marcas mencionadas são marcas comerciais de empresas do grupo Abbott registradas em diversas jurisdições. Os produtos mencionados neste material estão devidamente regularizados perante ao agente regulado. Para mais informações entre em contato com o departamento de Marketing.

Tags:

Abbott Diagnostics, GLP - sistema de automação laboratorial

Compartilhe: