Diagnóstico molecular será tema da conferência no dia 24 de setembro

Federico Monzon

Federico Monzon é o segundo nome confirmado para conferência magna do 53º Congresso de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial. Sua palestra “Diagnóstico Molecular: fortalecendo a revolução da medicina personalizada” acontecerá no dia 24 de setembro, às 11h30min, no Centro de Convenções SulAmérica, no Rio de Janeiro.

Atualmente Monzon é diretor médico chefe no laboratório Castle Biosciences, nos Estados Unidos. Atuou como diretor médico de oncologia e diretor médico para América Latina na Invitae Corporation, um fornecedor de diagnósticos genéticos para desordens hereditárias, de São Francisco, na Califórnia.

Exerceu a direção de patologia no laboratório de genética do câncer da Baylor College of Medicine em Houston, no Texas, onde mantém uma afiliação acadêmica como professor clínico associado. Cursou medicina na Universidade Nacional Autônoma do México, e é certificado pelo American Board of Pathology em patologia anatômica, genética e genética molecular.

Monzon foi presidente da Associação de Patologia Molecular (AMP) em 2017, onde continua atuando, assim como em outras sociedades profissionais no intuito de moldar o futuro da medicina genômica clínica.

Serviço
53º Congresso de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial
Data do Congresso: 24 a 27 de setembro
Local: Centro de Convenções SulAmérica (Av. Paulo de Frontin, 1 – Cidade Nova, Rio de Janeiro – RJ)
Mais informações aqui.

Tags:

53º Congresso de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial, Federico Monzon

Compartilhe: