Trabalho de uma das maiores redes de laboratórios do Brasil foi referenciado em congresso americano

Danielle Zauli, coordenadora de Pesquisa e Desenvolvimento do Grupo Pardini

O AACC (Annual Scientific Meeting & Clinical Lab Expo) que ocorre anualmente premia jovens pesquisadores que se destacaram por trabalhos enviados ao maior congresso de análises clínicas do mundo. Neste ano, o Grupo Pardini – uma das maiores redes de medicina diagnóstica do país, que levará 22 trabalhos científicos para AACC – foi premiado com um deles, na área de Patologia Molecular, intitulado: Evaluation of next-generation sequencing (NGS) panels to detect genetic biomarkers related to PARP inhibitors sensitivity. Este trabalho teve como objetivo avaliar painéis genéticos de Sequenciamento de Nova Geração (NGS) para detecção de biomarcadores específicos que possam ampliar acesso de pacientes diagnosticados com câncer de próstata e ovário a tratamento mais precisos.

O AACC promove a excelência em ciência laboratorial clínica através de diversos prêmios de trabalhos científicos e programas de reconhecimento. Todos os anos, um grupo de especialistas da Academia revisa os resumos submetidos ao congresso e seleciona alguns para premiação. “Tivemos mais de 20 trabalhos aprovados em diferentes áreas: Química Analítica, Doenças Infecciosas, Bioinformática e Medicina Personalizada. Receber esta premiação reforça nosso comprometimento em avançar com essa frente da medicina diagnóstica e que estamos no caminho certo”, celebra a coordenadora de Pesquisa e Desenvolvimento do Grupo Pardini, Danielle Zauli.

Tags:

AACC, Grupo Pardini, patologia molecular

Compartilhe: