A água é um dos reagentes mais usados e importantes utilizados em trabalhos científicos e de laboratório. No entanto, existem vários desafios novos e em andamento, nos laboratórios, a fim de de garantir um suprimento adequado de água

Há uma variedade de sistemas disponíveis para atender a praticamente todos os tamanhos de laboratório ou requisitos de fornecimento de água pura

Garantir a pureza da água para qualquer laboratório clínico e de pesquisa sempre foi importante para a integridade dos resultados. No entanto, os avanços na instrumentação científica fizeram com que agora mesmo pequenas variações na qualidade da água possam fazer uma grande diferença. A sensibilidade da instrumentação evoluiu continuamente na tentativa de aprimorar a exatidão e precisão dos dados. Como resultado, a contaminação na água purificada do laboratório não afetará apenas o desempenho do processo, mas também aumentará a relação sinal / ruído e diminuirá a sensibilidade da detecção. Estima-se que 70% dos problemas com processos de cromatografia líquida de alta eficiência (HPLC) sejam diretamente atribuíveis à qualidade e às impurezas provenientes da água.

Existem alguns conceitos errados quando se trata de selecionar a água pura e ultrapura, especialmente para a água engarrafada (embalada). Por exemplo, o nível de pureza indicado (Tipo I, Tipo II, Tipo III etc.) indica apenas a pureza da água usada para encher os recipientes. As condições em que a água é armazenada, a maneira como é usada e o material da garrafa afetam a pureza no ponto de uso. A água purificada é normalmente fornecida em garrafas plásticas, que, se não forem fabricadas e manuseadas corretamente, podem contaminar a água com plastificantes orgânicos, agentes desmoldantes, solventes e monômeros – especialmente se armazenados por longos períodos de tempo.

Além disso, uma vez que a garrafa é aberta, a pureza começará a se degradar. Quando a água é removida, o ar é aspirado e contaminantes bacterianos, iônicos e orgânicos serão introduzidos. O Instituto de Padrões Clínicos e Laboratoriais (CLSI) recomenda que os laboratórios comprem apenas volumes de água engarrafada que possam ser usados ​​rapidamente para minimizar o grau de degradação. Essa é uma preocupação particular para a água ultra pura (tipo I), que devido aos seus níveis muito baixos de resistividade pode tornar-se inaceitavelmente contaminada assim que o recipiente for aberto e, portanto, deve-se ter cuidado ao armazená-lo para uso posterior.

Outra questão importante para o fornecimento de água pura é a quantidade de resíduos gerados pela água embalada. Estudos sugerem que um laboratório típico consome cerca de cinco vezes mais água que um bloco de escritórios de tamanho comparável. Com volumes tão grandes de água usados ​​por cada laboratório, o número de garrafas necessárias é significativo. De fato, estima-se que os laboratórios globalmente criem cerca de 5,5 milhões de toneladas de resíduos plásticos por ano – o peso equivalente a 67 navios de cruzeiro.

A alternativa à água engarrafada é um sistema de purificação interno para fornecer um suprimento de água sob demanda até o nível de pureza necessário. Isso geralmente pode ser mais econômico, principalmente a longo prazo. Mesmo quando todo o custo de vida útil do sistema é considerado, incluindo o investimento inicial, os consumíveis e a manutenção do sistema de purificação de laboratório, é possível obter custos muito baixos por litro de água. Esses sistemas também ajudam a reduzir o impacto ambiental da organização, eliminando o desperdício.

Há uma variedade de sistemas disponíveis para atender a praticamente todos os tamanhos de laboratório ou requisitos de fornecimento de água pura. Um sistema de purificação também pode fornecer flexibilidade em termos de purificação de água, conforme às necessidades do laboratório mudam com o tempo.

As tecnologias de purificação oferecidas pela Elga Veolia incluem:

– Osmose reversa (OR)

– Troca de íons (IX)

– Eletrodeionização (EDI)

– Filtração

– Luz ultravioleta (UV)

– Degaseificação

– Ultrafiltração

A equipe de especialistas da empresa pode analisar as necessidades do laboratório e fazer uma recomendação sobre o sistema de purificação de água do laboratório que melhor se adapte aos requisitos.

Para mais informações: [email protected]

Tags:

Elga Veolia, laboratório clínico e de pesquisa, pureza da água

Compartilhe: