A região Nordeste ganha o mais avançado Núcleo Técnico Operacional (NTO) para diagnóstico de análises clínicas e patologia, que otimizará qualidade e prazo de entrega dos exames aos pacientes

No total, foram investidos cerca de R$ 20 milhões na construção do NTO Dasa Recife. Na foto, detalhe do NTO de Alphaville

A Dasa, líder brasileira em medicina diagnóstica, maior empresa do setor na América Latina e 5ª maior do mundo, está expandindo sua atuação no Nordeste. É o novo Núcleo Técnico Operacional – NTO Dasa Recife, no bairro de Boa Viagem que conta com a mais moderna estrutura tecnológica existente no mundo para a realização de diagnóstico, com capacidade para produzir 40 milhões de exames em 2019. A previsão é que em 2020, o centro de processamento de exames atinja a marca de 50 milhões de testes realizados.

Localizado em frente ao aeroporto de Recife, o NTO Dasa Recife ocupa uma área de 2,6 mil m² e já nasce alinhado ao conceito Dasa de gestão integrada, com indicadores transparentes em todas as estruturas e etapas da produção. Os seis laboratórios da Dasa na região Nordeste serão atendidos pelo novo NTO: Cerpe e Gilson Cidrim, em Recife; Leme e Image, em Salvador; Lab Pasteur e Unimagem, em Fortaleza e Gaspar em São Luís. Além disso, os exames do Alvaro Apoio, centro diagnóstico da Dasa que realiza análise de exames com respaldo técnico e científico da companhia para outros laboratórios, também serão processados no NTO Dasa Recife.

A nova planta deve otimizar em 50% o tempo de entrega para o mercado local, além de ampliar em 15% o portfólio de exames analisados na região, trazendo inovação, aumento da competitividade e conforto a médicos e pacientes. “Exames que antes eram enviados para São Paulo e Rio de Janeiro passarão a ser laudados em Recife, acelerando os prazos para entrega, com a mesma qualidade e segurança reconhecidas da companhia”, explica Emerson Gasparetto, vice-presidente da área médica da Dasa.

Os laboratórios da região que são clientes do Alvaro Apoio ganham vantagem competitiva com essa iniciativa, já que ao enviar sua produção para o NTO Dasa Recife, poderão dedicar esforços na gestão de serviços, estratégia de crescimento e otimização de recursos. O diretor da área de Apoio da Dasa, Thiago Liska, acrescenta que o investimento da companhia assegura ainda mais qualidade ao resultado, já que características como temperatura e estabilidade das amostras serão asseguradas pela proximidade com a coleta.

Conceito indústria 4.0

Equipado com o que há de mais moderno em tecnologia no mundo, o NTO Dasa Recife vai abrigar a plataforma Atellica, da Siemens, que acaba de ser validada globalmente e está chegando ao Brasil. A automatização do controle e da calibração, o abastecimento contínuo de reagentes e a leitura 360º do código de barras estão entre os atributos que garantem segurança, qualidade e agilidade de processamento, otimização de tempo e escala de serviço. E, vislumbrando um futuro próximo, há espaço para abrigar um centro de pesquisa e desenvolvimento científico e acadêmico com foco no diagnóstico; reforçando a postura inovadora da Dasa.

No total, foram investidos cerca de R$ 20 milhões na construção do NTO Dasa Recife. “Investimos no que há de mais avançado nesta plataforma, que beneficiará tanto os laboratórios clientes do Alvaro Apoio, quanto os pacientes dos laboratórios Dasa no Nordeste, que serão impactados pela rapidez no tempo de entrega de resultados de exames. A iniciativa deve ampliar a eficiência em 30% com relação à estrutura disponível hoje. Além disso, investimos fortemente na formação de nossos colaboradores e junto com a nova estrutura tecnológica estamos trazendo para o Recife a implantação do Modelo Dasa de Produção, iniciativa baseada nos conceitos do Lean Manufacturing e da Indústria 4.0”, explica Linaldo Vilar, diretor de produção responsável pelo NTO Dasa Recife.

Tags:

Alvaro Apoio, Dasa, Núcleo Técnico Operacional - NTO Dasa Recife

Compartilhe: