A ECO Diagnóstica possui o kit Salmonella ECO Teste para a detecção qualitativa de antígenos de Salmonella a partir das amostras fecais humanas

Tereza Cristina, ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, confirmou no último dia 03 de julho que o Reino Unido devolveu o equivalente a 16 contêineres de frango importados do Brasil em um período de 15 meses devido a presença da bactéria Salmonella.

A informação foi publicada pelo jornal britânico The Guardian em parceria com a Organização Não Governamental (ONG) “Repórter Brasil”.

De acordo com a ONG, o frango devolvido pelo Reino Unido pode ser revendido no mercado brasileiro. No Brasil, o produto pode seguir dois caminhos, a depender do tipo de Salmonella: o frango contaminado é cozido e a carne processada em subprodutos (nuggets, salsichas, linguiças e mortadelas de frango) ou, se de acordo com os padrões brasileiros, a bactéria não apresentar risco à saúde, o produto é vendido in natura.

A mercadoria foi exportada pela BRF e a JBS, dona da Fibroi e Seara. Lembrando que em fevereiro deste ano, a mesma BRF fez um recall no Brasil para 164,7 toneladas de frango Perdigão, devido a risco de contaminação por Salmonella. Os produtos eram comercializados em 13 estados brasileiros.

A ECO Diagnóstica possui o kit Salmonella ECO Teste para a detecção qualitativa de antígenos de Salmonella a partir das amostras fecais humanas.

O kit é composto por um tubo de coleta de amostra individual com tampão de extração, o que facilita o manuseio do teste e menor contato com a amostra. Não é necessário enriquecimento das fezes.

Apresenta alta sensibilidade e especificidade, quando comparado com a cultura (padrão-ouro) e sem reação cruzada contra H. pylori, E. coli, Campylobacter, Listeria, Clostridium difficile e outros.

Para mais informações: [email protected] ou (31) 3653-2025.

Fonte: https://www.publico.pt/2019/07/04/economia/noticia/reino-unido-devolve-1400-toneladas-frango-salmonela-brasil-1878698

Tags:

ECO Diagnóstica, frango, Salmonella

Compartilhe: