O tubo estéril com solução salina 0,9% vem pronto para uso

O Grupo Sarstedt, multinacional alemã de equipamentos e consumíveis para medicina diagnóstica e ciência, iniciou no Brasil a produção de tubos de coleta e transporte de amostra para análise de Covid-19 a fim de apoiar o setor de saúde pública nacional. O tubo estéril com solução salina 0,9% vem pronto para uso, é compatível com processos automatizados de PCR-TR e aos protocolos atuais de padronização e processamento de amostras.

A possibilidade de acondicionar o swab diretamente no tubo estéril que já vem com solução salina de fábrica é um cuidado pré-analítico que auxilia no cuidado à prevenção de contaminação da amostra, segundo Rogerio Mendes, Gerente de Produto na Sarstedt.

A fábrica foi inaugurada no final de 2019 na cidade de Porto Feliz (SP), em um espaço de cerca de 6000 m² e com investimento de mais de R$ 60 milhões. Embora a empresa já atue comercialmente há mais de 20 anos no mercado brasileiro, esta planta representa a primeira unidade industrial da Sarstedt na América Latina.

Considerado um dos 10 maiores mercados de saúde do mundo, o Brasil possui uma grande demanda por insumos para análises clínicas, dado o crescimento, envelhecimento e melhora da qualidade de vida da população.

A fábrica foi inaugurada no final de 2019 na cidade de Porto Feliz (SP), em um espaço de cerca de 6000 m²

Tags:

Grupo Sarstedt, tubos de coleta e transporte de amostra para análise de Covid-19

Compartilhe: