Já está disponível, o proteoCHIP 12*16 que facilita soluções automatizadas miniaturizadas para aplicações de proteômica de célula única

O proteoCHIP amplia ainda mais as capacidades do cellenONE®, a plataforma exclusiva da Cellenion para isolamento de célula única e dispensação de volume ultralow

As empresas Scienion & Cellenion, ambas do grupo BICO, anunciaram o lançamento do proteoCHIP 12*16, a primeira solução disponível no mercado que permite a preparação miniaturizada, automatizada e reprodutível de amostras proteômicas de célula única e padroniza o fluxo de trabalho da análise proteômica baseada em espectrometria de massa de célula única multiplexada. O proteoCHIP 12*16 foi desenvolvido em parceria com o Research Institute of Molecular Pathology (IMP) em Viena, Áustria.

O proteoCHIP amplia ainda mais as capacidades do cellenONE®, a plataforma exclusiva da Cellenion para isolamento de célula única e dispensação de volume ultralow, facilitando a preparação miniaturizada de amostras de células individuais para fluxos de trabalho de proteômica a partir de célula única.

“Estamos muito satisfeitos com o lançamento da linha de consumíveis proteoCHIP desenvolvida em colaboração com o grupo de Karl Metchler na IMP Biocenter em Viena”, comentou Guilhem Tourniaire, PhD, Diretor Administrativo e Fundador da Cellenion. “Sabemos que muitos de nossos clientes atuais e potenciais estão aguardando o lançamento desde a publicação dos primeiros dados em abril passado. Esse consumível específico facilitará e melhorará a preparação de amostras para estudos proteômicos de uma única célula e será um importante pilar para a democratização desse novo campo revolucionário da biologia”.

Um instrumento líder de mercado em isolamento e dispensação de uma única célula, o cellenONE® permite que os usuários dispensem e preparem uma única célula em cada poço do proteoCHIP, incluindo lise celular, digestão de proteínas e labelling e quenching de peptídeos. Enquanto os fluxos de trabalho convencionais carecem de automação e envolvem muitas etapas de intervenção do usuário e manipulação manual de amostras, a combinação cellenONE® e proteoCHIP oferece toda a interface inicial da espectrometria de massa em um único instrumento com intervenção mínima do usuário, permitindo a preparação de até 576 células únicas por corrida. O proteoCHIP, juntamente com seu kit de Funil e Acessórios, também permite fácil agrupamento de amostras (pooling) por centrifugação e, em seguida, injeção direta no coletor automático LC/MS-MS, levando à recuperação máxima de líquido e perda mínima de peptídeo.

“Estamos ansiosos para que todos utilizem nosso proteoCHIP em suas amostras para obtenção de dados proteômicos de célula única altamente sensíveis e reprodutíveis”, disse Karl Mechtler, Chefe da Unidade de Química de Proteínas do Research Institute of Molecular Pathology (IMP).  “A automação do fluxo de trabalho com controle de temperatura e umidade de volumes em nanolitros dentro do cellenONE® permitirá que uma infinidade de laboratórios impulsione ainda mais a tecnologia com muitas aplicações/ensaios interessantes”.

Empresas e laboratórios interessados em adquirir o proteoCHIP 12*16 podem acessar aqui ou entrar em contato com a Dra. Thabata Caruzo, Gerente de Vendas – LATAM, em [email protected].

Tags:

amostras proteômicas de célula única, espectrometria de massa de célula única multiplexada, proteoCHIP 12*16, Scienion & Cellenion

Compartilhe: