Os Testes Laboratoriais Remotos estão chamando a atenção de estabelecimentos de saúde de diversas categorias, além de terem papel fundamental no combate à pandemia. Entenda como funciona essa modalidade de exame

Os Testes Laboratoriais Remotos (TLRs) são exames laboratoriais realizados por um equipamento que fica fora do laboratório clínico

Conhecidos também como Point Of Care, os Testes Laboratoriais Remotos (TLRs) estão cada vez mais populares no segmento da saúde e sua abrangência não para de crescer.

Isto porque a modalidade mudou totalmente a forma de se fazer exames laboratoriais. A agilidade que os TLRs proporcionam é um diferencial em tanto para estabelecimentos de saúde, pois, além de facilitar a rotina dos profissionais, também traz mais conforto ao paciente.

Neste artigo, explicamos o que são Testes Laboratoriais Remotos, como eles funcionam e porque têm sido tão mencionados na mídia ultimamente. Confira.

O que são Testes Laboratoriais Remotos?

Os Testes Laboratoriais Remotos (TLRs) são exames laboratoriais realizados por um equipamento que fica fora do laboratório clínico, acontecendo, na maioria das vezes, no local de cuidado do paciente – por isso também são chamados de Point Of Care Testing – POCT ou Teste Laboratorial Portátil – TLP.

O conceito pode parecer novo, mas os TLRs já existem há muitos anos. No Brasil, foram regulamentados pela Anvisa em 2005, com a RDC 302, e desde então, contribuem de forma bastante diversa com os setores de saúde pública e privada. Estes exames podem ser feitos em hospitais, clínicas, consultórios, saúde ocupacional e também como um serviço adicional em laboratórios.

São realizados a partir da coleta de amostra sanguínea ou, em determinados casos, de secreção da nasofaringe do paciente. Alguns dos serviços de testes remotos usam ainda a internet para avaliar e entregar o resultado, que fica pronto em poucos minutos – um dos seus principais diferenciais.

VÍDEO: Confira mais detalhes sobre os Testes Laboratoriais Remotos aqui.

Como funciona um Teste Laboratorial Remoto? Confira a metodologia Hilab

O resultado fica pronto em poucos minutos

Você já sabe que um Teste Laboratorial Remoto é feito por equipamento que fica geralmente no local de cuidado do paciente, mas para que um exame assim seja feito, são necessários alguns passos. Confira como funciona a metodologia da Hilab, health tech especialista em TLRs:

– A amostra é coletada do paciente, inserida em uma cápsula que contém uma tira reagente para que uma reação bioquímica ocorra

– A cápsula é inserida em um equipamento portátil – também chamado de leitor – que usa a internet e outras tecnologias como a Inteligência Artificial e a Internet das Coisas (IoT) para analisar a reação e gerar o resultado

– Os dados ainda são enviados (também usando a internet) ao laboratório central da Hilab para que um profissional de saúde capacitado avalie o resultado e gere o laudo

– O resultado fica pronto em poucos minutos

O laudo chega no celular do paciente pronto para levar ao médico. Além disso, pode ser acessado pelo estabelecimento que oferece o serviço, que também tem acesso a um serviço adicional de data intelligence, com relatórios personalizados.

Por que os TLRs se tornaram tão populares?

Os Testes Laboratoriais Remotos conquistaram os estabelecimentos de saúde porque tornam a rotina dos profissionais mais dinâmica e organizada. A agilidade nos resultados possibilita ganhar tempo, padronizar processos, ampliar a capacidade de atender demandas e, principalmente, fidelizar clientes.

Eles também caíram na graça dos pacientes que necessitam de serviços laboratoriais. Com uma abordagem menos invasiva – porque não usam seringa para a coleta – e o resultado sendo muito mais rápido, não é mais necessário esperar dias e nem mesmo ir até o laboratório para buscar o laudo.

Os TLRs também estão mudando o cenário da pandemia no Brasil e no mundo. Alguns exames dessa modalidade – como é o caso do Exame de Antígeno para Covid-19 Hilab – têm a capacidade de detectar o SARS-CoV-2 (coronavírus) em poucos minutos e ainda nos primeiros dias da infecção. Ou seja, é ideal para identificar e isolar pessoas com a doença, inclusive assintomáticos, evitando contaminação em massa e possibilitando reduzir o número de casos.

O intuito é descentralizar o cuidado com a saúde pública e capilarizar o acesso aos serviços laboratoriais, alcançando também as populações mais vulneráveis que vivem em locais remotos

Além disso, TLRs têm sido usados com frequência pelo poder público como uma ferramenta poderosa de telemedicina diagnóstica. O intuito é descentralizar o cuidado com a saúde pública, acompanhar mais de perto as doenças com potencial epidêmico no nosso país – como é o caso da dengue ou zika – e capilarizar o acesso aos serviços laboratoriais, alcançando também as populações mais vulneráveis que vivem em locais remotos.

Hilab: muito além dos testes rápidos comuns

A Hilab é um laboratório de análises clínicas especialista em Testes Laboratoriais Remotos. Sua metodologia conta com diferenciais que nenhum outro serviço de Testes Laboratoriais Remotos semelhante oferece:

– Uso de Inteligência Artificial e Internet das Coisas (IoT): essas tecnologias possibilitam uma dupla verificação nos exames, uma vez que todos os leitores Hilab compartilham informações entre si, o que aumenta a confiabilidade do resultado

– Resultado também analisado por profissionais de saúde altamente capacitados: profissionais do laboratório Hilab recebem, analisam os dados e fornecem ao sistema o resultado. Ou seja, além da avaliação da Inteligência Artificial, a health tech também conta com a atuação humana no processo

– Laudo disponível em poucos minutos: estes mesmos profissionais de saúde da Hilab também emitem, assinam e enviam o laudo. Este serviço acontece 24h/dia e 7 dias na semana

A Hilab trabalha atualmente com 20 exames remotos:

Anti-HBs
Anti-HCV (Hepatite C)
Beta hCG (Gravidez)
Coronavírus Antígeno (Ag)
Coronavírus Biologia Molecular
Coronavírus IgM e IgG
Dengue IgM e IgG
Dengue NS1
Função Renal
Glicemia
HBsAg
Hemoglobina Glicada (HbA1c)
HIV
Influenza A e B
Perfil Lipídico
PSA
Sífilis
TSH (Hipotireoidismo)
Vitamina D
Zika IgM e IgG

Se interessou? Quer saber tudo sobre como a Hilab pode ajudar seu laboratório ou estabelecimento de saúde? Preencha o formulário que a empresa entra em contato em até 48h.

Tags:

Hilab, Point-of-Care Testing, Testes Laboratoriais Remotos

Compartilhe: