A nova tecnologia é baseada em interações antígeno-anticorpo e espectrometria de massas que, pela primeira vez,  será capaz de identificar e quantificar simultaneamente todas as proteínas de interesse clínico presente em pacientes com mieloma múltiplo

Por mais de duas décadas, a Binding Site e a Mayo Clinic tem estado envolvidas em atividades colaborativas

A The Binding Site, já conhecida pelas linhas de produtos para Gamopatias Monoclonais e Imunodeficiências, tem como prioridade a luta contra essas doenças, com isso desenvolvendo produtos para auxiliar no diagnóstico, monitoramento e prognóstico das mesmas. Os pesquisadores da empresa desenvolveram o Freelite® (único teste para quantificação de cadeias leves livres aprovado pelas diretrizes internacionais/nacionais e FDA), para auxiliar no diagnóstico e monitoramento destes pacientes, encontra-se disponível no mercado e sendo muito utilizado estudos clínicos desde meados dos anos 2000.

Além do Freelite, a chegada do teste Hevylite® mais recentemente, tem sido de grande valia para o entendimento do papel das imunoglobulinas na doença, e ainda a resposta dos pacientes ao tratamento. A eficácia dos testes juntos, Freelite e Hevylite, já foi comprovada e está descrita em mais de 650 publicações científicas.

Trabalhando sempre com tecnologias de ponta, a The Binding Site iniciou uma nova parceria com a Mayo Clinic dos Estados Unidos no início deste ano de 2018, buscando o desenvolvimento de uma tecnologia que irá revolucionar a quantificação de proteínas especiais para grandes rotinas.

Por mais de duas décadas, a Binding Site e a Mayo Clinic tem estado envolvidas em atividades colaborativas. São expertises complementares com foco no lançamento de produtos que tragam impactos positivos à conduta médica e à qualidade de vida dos pacientes, em particular àqueles que sofrem com alguma gamopatia monoclonal, como o mieloma múltiplo.

A nova tecnologia é baseada em interações antígeno-anticorpo e espectrometria de massas que, pela primeira vez,  será capaz de identificar e quantificar simultaneamente todas as proteínas de interesse clínico presente em pacientes com mieloma múltiplo.  Ela eliminará a interpretação subjetiva inerente aos métodos atualmente disponíveis (como a imunofixação), melhorando a segurança dos resultados, além de otimizar o fluxo de trabalho do laboratório.

“As raízes da The Binding Site estão fundamentadas numa ciência clinicamente relevante e uma de nossas principais competências é a capacidade de desenvolver e produzir soluções de diagnóstico in vitro aplicáveis à doenças de difícil identificação e monitoramento”, diz Charles de Rohan, CEO do grupo The Binding Site. “Este acordo demonstra ainda mais o nosso compromisso em melhorar a qualidade de vida dos pacientes, fornecendo técnicas novas aos laboratórios em todo o mundo.”

“Por muitos anos, a Binding Site e a Mayo Clinic têm colaborado na busca de melhores técnicas de diagnóstico, especialmente nas áreas de proteínas monoclonais e componentes de imunoglobulina”, diz William Morice, II, MD, Ph.D., Presidente do Departamento de Proteínas da Clínica Mayo. “No final do dia, nossos esforços colaborativos estão sempre focados no laboratório clínico para a implementação de técnicas que beneficiem nossos pacientes e suas famílias.”

Em breve a tecnologia estará disponível para validação no Brasil, demonstrando mais uma vez que a The Binding Site está na vanguarda tecnológica colaborando na luta contra o mieloma múltiplo e outras doenças relacionadas.

Mais informações:

[email protected]

Tags:

cadeias leves livres, espectrometria de massas, Freelite, Hevylite, imunoglobulinas, Mayo Clinic, mieloma múltiplo, The Binding Site

Compartilhe: