A primeira delas, que começa em março, será realizada em conjunto com a Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN)

Pesquisa da Sociedade apontou que os gastos com exames laboratoriais representam menos do que 3% dos gastos totais em saúde e apenas 5,4% dos exames laboratoriais não são acessados pelos pacientes

O Uso Consciente do Diagnóstico é o mote das campanhas que a Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial, com apoio da Câmara Brasileira de Diagnóstico Laboratorial (CBDL) começam a promover em parceria com diversas sociedades de especialidades médicas no Brasil.

As campanhas têm como objetivo mostrar a importância do uso consciente dos exames laboratoriais e do diagnóstico precoce, como uma das mais importantes ferramentas de rápido acesso a terapias eficazes.

De acordo com o presidente da SBPC/ML, Wilson Shcolnik, há estudos consistentes que revelam que a subutilização de exames laboratoriais é mais prevalente que a superutilização e que os gastos com esses exames representam menos que 3% dos gastos totais em saúde. Pesquisa da Shift, com apoio da Sociedade, realizada com diversos laboratórios, aponta que apenas 5,4% dos resultados não são acessados pelos pacientes, comprovando uma otimização dos recursos pouco vista no setor de Saúde e quebrando o mito da superutilização de exames. “Por isso queremos discutir o uso racional de exames e valorizar a importância da medicina preventiva para melhorar qualidade de vida e mais chances de sucesso nos tratamentos das doenças, e nada melhor do que fazer isso junto às sociedades de especialidades”, ressalta.

Segundo Carlos Eduardo Gouvêa, presidente executivo da CBDL, “70% das decisões médicas são baseadas nos resultados dos exames. É com base neles que esses profissionais chegam a um diagnóstico rápido e preciso e podem prescrever os melhores tratamentos para os pacientes”.

Para os dirigentes da SBPC/ML e CBDL, as campanhas demonstram ainda a preocupação das entidades em manter a sustentabilidade dos sistemas público e privado de saúde no país, já que estimulam a prevenção de doenças.

As campanhas devem sempre preceder a datas comemorativas. A primeira delas será realizada em conjunto com a Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), por meio de distribuição de folders educativos nas salas de espera dos laboratórios clínicos de várias cidades brasileiras, e antecede às datas comemorativas do mês de março como o Dia Internacional da Mulher e o Dia Mundial do Rim, ambas comemoradas em 8 de março.

No material dessa campanha algumas perguntas sobre peso, pressão sanguínea, diabetes, tabagismo e doenças renais e cardíacas são formuladas para incentivar o diagnóstico precoce e adequado das doenças do rim.

Tags:

Câmara Brasileira de Diagnóstico Laboratorial, Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial, Uso Consciente do Diagnóstico

Compartilhe: