O microarray eletrônico é um pequeno “chip inteligente” que permite a memória das regiões que foram utilizadas anteriormente e sua rastreabilidade é realizada por leitura de código de barras

Líder brasileira na produção e comercialização de reagentes e equipamentos para o mercado de diagnósticos in vitro, a Vyttra Diagnósticos traz ao Brasil o analisador automático NanoCHIP 400 e seu teste inovador que permite a detecção molecular simultânea dos vírus dengue, zika e chikungunya, utilizando um microarray eletrônico.

Atualmente no país, as arboviroses dengue, zika e chikungunya têm sido reconhecidas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como um problema global de saúde pública, em virtude de sua crescente dispersão territorial e necessidade de ações de prevenção e controle cada vez mais complexos (WHO, 2009). A incidência e dispersão tem se mostrado bastante alta e cada vez maior em todo território brasileiro. De acordo com dados epidemiológicos, o número de casos graves e óbitos tem sido alarmante em relação à dengue. Além disso, as associações de infecção por zika vírus com a síndrome de Guillain-Barré e, principalmente, com a transmissão vertical resultando em casos de microcefalia têm sido motivo de alarme nacional e internacional (BRASIL 2015, WHO 2016).

Os sintomas destas arboviroses são bastante semelhantes, o que dificulta o diagnóstico preciso dessas doenças (RODRIGUEZ-MORALES, 2015). As manifestações clínicas comumente observadas são febre, artralgia, erupções cutâneas, cefaleia, dor retro-orbitária, prostração, astenia e mialgia, entre outras, podendo variar em intensidade e de paciente para paciente além de muito similares entre as três infecções (VASCONCELOS, 2015).

“Em um único teste, o uso do NanoChip® Electronic Microarray elimina a dúvida diagnóstica, pois é capaz de discriminar o RNA viral presente na amostra, sem que haja reação cruzada. Isso proporciona ao médico uma orientação de forma mais diretiva aos seus pacientes”, explica Claudia Huerta De Nardi MSc., gerente da linha de Biologia Molecular da Vyttra Diagnósticos.

O microarray eletrônico é um pequeno “chip inteligente” que permite a memória das regiões que foram utilizadas anteriormente e sua rastreabilidade é realizada por leitura de código de barras. No NanoChip® Electronic Microarray as moléculas-alvo são hibridizadas e identificadas automaticamente. Isso permite a adequação do equipamento a grandes rotinas e a confecção de painéis de diagnósticos, que também estão disponíveis para detecção de patógenos para doenças infecciosas, identificação de mutações genéticas associadas a doenças cardiovasculares e rastreio de marcadores genéticos e oncológicos.

Para mais informações ou solicitar uma consultoria, clique aqui.

Referências Bibliográficas:

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Monitoramento dos casos de dengue, febre de chikungunya e febre pelo vírus Zika até a Semana Epidemiológica 45. Boletim Epidemiológico, v. 46, n. 36, 2015. BRASIL. MINISTÉRIO DA SAÚDE. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis. Febre de chikungunya: manejo clínico / Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde, Secretaria de Atenção Básica. – Brasília: Ministério da Saúde, 2015

RODRIGUEZ-MORALES A.J. No era suficiente con dengue y chikungunya: llegó también Zika. Archivos de Medicina, v. 11, n. 2-3, p. 1-4, 2015.

RODRIGUEZ-MORALES A.J. et al. How many patients with post-chikungunya chronic inflammatory rheumatism can we expect in the new endemic areas of Latin America?. Rheumatol Int., v. 35, n. 12, p. 2091-2094, 2015.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Dengue: Guidelines for treatment, prevention and control. Geneva: World Health Organization. WHO Library Cataloguing-in-Publication Data. New Edititon, 2009. Disponível em: http://www.who.int/tdr/publications/documents/dengue-diagnosis.pdf. Acesso em: 08 de dez. 2015.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Zika: Public Health Emergency of International Concern. Available at www.who.int/emergencies/zika-virus/en/ accessed 19 Feb 2016.

Tags:

analisador automático NanoCHIP 400, arboviroses, Vyttra Diagnósticos

Compartilhe: