Candidatos devem ter doutorado na área de química ou de farmácia, além de experiência em análises por cromatografia líquida acoplada à espectrometria de massas

O Projeto Temático “Do biomonitoramento ao reconhecimento de assinaturas do exposoma humano visando antecipar riscos para uma saúde contínua” dispõe de uma oportunidade de pós-doutorado com bolsa da Fapesp. O prazo de inscrição termina no dia 6 de abril de 2021.

As atividades do projeto são conduzidas no Laboratório de Toxicologia Analítica e de Sistemas, da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FCFRP-USP).

O bolsista conduzirá estudos sistêmicos de associação ampla do exposoma (concentração de substâncias tóxicas e de nutrientes no organismo, hábitos de vida, aspectos epigenômicos, proteômicos e metabolômicos, bem como de microbioma) em diversas populações brasileiras para estabelecer perfis associados a biomarcadores de efeito ou a desfechos definidos.

Os candidatos interessados devem ter concluído o doutorado na área química ou farmácia e comprovar ampla experiência no desenvolvimento de métodos analíticos empregando cromatografia líquida acoplada à espectrometria de massas (LC-MS/MS).

Os interessados devem enviar currículo, carta de interesse e duas cartas de recomendação para o e-mail do professor Fernando Barbosa Júnior ([email protected]).

Mais informações sobre a vaga aqui.

A oportunidade de pós-doutorado está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da Fapesp no valor de R$ 7.373,10 mensais e Reserva Técnica equivalente a 10% do valor anual da bolsa para atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso o bolsista de PD resida em domicílio fora da cidade na qual se localiza a instituição-sede da pesquisa e precise se mudar, poderá ter direito a um auxílio-instalação. Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da Fapesp estão disponíveis aqui.

Compartilhe: