Projeto pretende isolar e identificar bactérias ácido-láticas probióticas na microbiota do intestino de aves, suínos e peixes. Inscrições até sexta-feira

Uma bolsa Fapesp de pós-doutorado está disponível pelo Projeto Temático “Bioprospecção de bactérias probióticas bacteriocinogênicas: da otimização do cultivo à aplicação em sistemas de produção animal”. Inscrições terminam na sexta-feira (15/10). As atividades serão realizadas na Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias da Universidade Estadual Paulista (FCAV-Unesp).

O projeto tem como objetivo principal o isolamento e a identificação de bactérias ácido-láticas probióticas presentes na microbiota do intestino de aves, suínos e peixes. Para tanto, serão selecionadas cepas com alta capacidade de produzir bacteriocinas.

O candidato deve ter doutorado em bioinformática, genética, biotecnologia, microbiologia ou áreas afins. Exige-se experiência comprovada durante o doutorado em: genômica e/ou metagenômica de procariotos; em Linux, Bash/Shell, Perl, Python e R, e análises de dados e bioinformática; em análises de dados de NGS (sequenciamento de nova geração); e na análise de RNAseq (transcriptomas). O candidato também deve comprovar histórico de publicações em revistas indexadas como autor principal/correspondente ou patentes na área.

Os interessados em se candidatar devem enviar, em formato PDF, carta de interesse com breve relato da experiência científica, súmula curricular e duas cartas de recomendação de orientadores e/ou supervisores para o e-mail do pesquisador principal da vaga, Alessandro de Mello Varani ([email protected]).

A documentação das informações curriculares poderá ser solicitada para comprovação. Candidatos com maior potencial avaliado pelo currículo poderão ser convocados para uma entrevista.

Mais informações sobre a vaga aqui.

A oportunidade de pós-doutorado está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da Fapesp no valor de R$ 7.373,10 mensais e Reserva Técnica equivalente a 10% do valor anual da bolsa para atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso o bolsista de PD resida em domicílio fora da cidade na qual se localiza a instituição-sede da pesquisa e precise se mudar, poderá ter direito a um auxílio-instalação. Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da Fapesp estão disponíveis aqui.

Compartilhe: