Bolsistas vão participar de projeto que analisa os mecanismos de ação de compostos que modulam as alterações epigenéticas e metabolismo energético nas síndromes mielodisplásicas e leucêmicas

O Projeto Temático “Preditores de gravidade e novos tratamentos para neoplasias da medula óssea”, desenvolvido no Centro de Hematologia e Hemoterapia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), oferece duas oportunidades de bolsas Fapesp de pós-doutorado. As inscrições devem ser feitas até dia 17 de março de 2020.

A pesquisa analisa os mecanismos de ação dos compostos quercetina, epigalocatequina 3-galato, ácido gálico, curcumina, artemisinina e derivados que modulam as alterações epigenéticas e metabolismo energético nas síndromes mielodisplásicas e leucêmicas.

Os candidatos devem ter título de doutorado e formação em biologia celular e molecular, com pelo menos um artigo publicado como primeiro autor em revista internacional. A seleção será justificada pela avaliação dos quesitos formação acadêmica, motivação, independência e criatividade.

Os interessados devem enviar currículo com uma lista de publicações e duas cartas de recomendação por e-mail para a coordenadora do projeto, a professora Sara Teresinha Olalla Saad ([email protected]).

Mais informações sobre as vagas aqui.

As oportunidades de pós-doutorado estão abertas a brasileiros e estrangeiros. Os selecionados receberão Bolsa de Pós-Doutorado da Fapesp no valor de R$ 7.373,10 mensais e Reserva Técnica equivalente a 15% do valor anual da bolsa para atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso os bolsistas de PD residam em domicílio fora da cidade na qual se localiza a instituição-sede da pesquisa e precisem se mudar, poderão ter direito a um auxílio-instalação. Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da Fapesp estão disponíveis aqui.

Compartilhe: